12 de maio de 2021

Professor Nicolau Neto apresentará plano de combate ao racismo e de promoção da equidade em Altaneira

 

Por Valéria Rodrigues, Colunista

A abolição da escravidão determinou o fim da escravização da população negra no Brasil. Esse processo se deu por meio da Lei Áurea, aprovada no dia 13 de maio de 1888 com a assinatura da regente do Brasil, a princesa Isabel.

Conheça 5 filmes e séries na Netflix e valorize protagonistas e obras negras

 

(FOTO/ Divulgação).

 A Netflix, empresa americana de streaming de mídia, se tornou rapidamente uma das maiores produtoras de conteúdo original e distribuição de entretenimento em todo o mundo. E no Brasil a história não é diferente: de crianças com um tablet nas mãos até televisões vendidas com o aplicativo em destaque no controle remoto, o serviço se tornou uma parte cotidiana da vida dos brasileiros.

Natália Pinheiro conversará sobre seu engajamento na poesia

 

Natália Pinheiro. (FOTO/ Divulgação).

A poeta Natália Pinheiro participará do Projeto Falação, no dia 17 de maio, às 16h30, pelo Instagram. O Falação é um projeto de cultura leitora desenvolvido pelo Colégio Municipal Pedro Felício Cavalcanti, em parceria com a rede municipal de ensino do Crato e escolas que compõe o Território Criativo do Gesso.

11 de maio de 2021

Blog Negro Nicolau reúne frases de colunistas, colaboradoras e de parlamentares de Altaneira em sua homenagem de 10 anos

 

Nicolau Neto, fundador do blog Negro Nicolau.

Por Nicolau Neto, fundador e editor

O blog Negro Nicolau (BNN) foi lançado em 27 de abril de 2011 originalmente alcunhado de “Altaneira Infoco” e posteriormente “Informações em Foco” até chegar a esta denominação. São 10 anos de atuação em defesa da promoção de uma sociedade menos desigual e menos intolerante, com equidade racial e de gênero.

ZUMVÍ – Arquivo Afro Fotográfico lança site e exposição virtual com imagens históricas do movimento negro

 

Caminhada do Dia Internacional das Mulheres nos anos 1990.

O ZUMVÍ – Arquivo Afro Fotográfico registra a cerca de 30 anos as manifestações do movimento negro e o cotidiano dos afrodescendentes em diversas temáticas e contextos populares. No próximo dia 13 de maio de 2021, o projeto lançará o site www.zumvi.com.br e uma exposição virtual Memórias de Resistências Negras, com 55 imagens que trazem 08 temas de importantes momentos da história e trajetórias do movimento negro: Militantes Falecidos do MNU, Nelson Mandela na Bahia, Política de Ações Afirmativas, Grupo de Mulheres MNU, Manifestação Contra Intolerância, Quilombo Rio das Rãs, Marcha Contra o Genocídio do Povo Negro e Três Grandes Pautas. O lançamento acontecerá nas redes sociais do projeto:

Com mais de 12 mil assinaturas, artistas lançam manifesto pelo impeachment de Bolsonaro

 

Mais de 12 mil artistas e demais trabalhadores da Cultura do Brasil, de vários segmentos, linguagens, regiões e perfis, lançaram nesta segunda MANIFESTO pelo impeachment de Jair Messias Bolsonaro.

Professora Luciana Bessa cria blog sobre autoras nordestinas

 

Professora Luciana Bessa. (FOTO/ Divulgação).

Dar visibilidade a produção literária de mulheres nordestinas é o objetivo do blog Nordestinados a Ler, idealizado pela professora Luciana Bessa.

10 de maio de 2021

É tempo de resistência e solidariedade. Porque a fome dói

 

(FOTO/ Pixabay).

Caminhando pelas ruas da cidade, deparei com uma pessoa segurando um pedaço de papelão escrito: a fome dói. Um recente estudo intitulado Efeitos da pandemia na alimentação e na situação da segurança alimentar no Brasil apontou que 59,3% dos brasileiros ou 125,6 milhões de pessoas apresentaram algum grau de insegurança alimentar entre os meses de agosto e dezembro de 2020. O que significa dizer que essas pessoas não se alimentaram em quantidade e qualidade ideais, com base em perguntas direcionadas para maiores de idade da Ebia (Escala Brasileira de Insegurança Alimentar) (1). Tratei deste tema em nota técnica da 17ª Carta de Conjuntura do Observatório de Políticas Públicas, Empreendedorismo e Conjuntura da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (Conjuscs).

9 de maio de 2021

Quais são as diferenças entre as vacinas? E por que não se deve misturar as doses?

 

Governo Bolsonaro segue reduzindo a previsão de vacinas que o país deve receber nos próximos meses. (FOTO/ Nelson Almeida/ AFP).

No Brasil, três imunizantes contra a covid-19 diferentes estão em distribuição e aplicação: CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer, como ficaram popularmente conhecidos. As doses de outras vacinas, como da Sputnik V, estão em fase negociação entre as empresas e governos estaduais. Além delas, há as que estão sendo desenvolvidas pelo Brasil, ButanVac e Versamune.

8 de maio de 2021

Movimento Negro Unificado divulga nota de repúdio à chacina na favela do Jacarezinho

 

Por Nicolau Neto, editor

Nesta sexta-feira (7), o Movimento Negro Unificado (MNU) divulgou uma nota repudiando veementemente a operação realizada pela polícia na favela no Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro e que resultou na morte de 25 pessoas até agora.

7 de maio de 2021

A (des)educação do negro de Carter G. Woodson ganha reedição no Brasil

 

(FOTO/ Biblioteca do Congresso).

Nascido em 1875, o educador e historiador afro-americano Carter Godwin Woodson é um dos nomes mais influentes do estudo da educação norte-americana. Em A des-educação do negro, ele aponta problemas, elenca situações, mas também apresenta uma solução. Trata-se de uma espécie de programa que abrange os pontos fundamentais não apenas da educação escolar, mas também de uma educação ampla que pense outra forma de viver, um sistema que defenda os valores da história e da cultura negra.

6 de maio de 2021

Evento discute presença de professores negros nos cursos de direito e provoca instituições sobre contratações de profissionais nesse perfil

 

Depois do sucesso da primeira edição, a Escola Superior de Advocacia do Ceará e a Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB-CE realizam o II Diálogos Inter-raciais. O evento acontece online na sexta-feira (7/5), a partir das 19h, discutindo a docência negra no ensino jurídico no Ceará. As inscrições estão abertas em cursos.esace.org.br.

Blog Negro Nicolau é homenageado na Câmara Municipal de Altaneira

 

Blog Negro Nicolau é homenageado na Câmara Municipal de Altaneira. (FOTO/ Reprodução).

Por Valéria Rodrigues*

O Blog Negro Nicolau celebrou junto à equipe de colunistas, colaboradores, colaboradoras e parceiros/as no último dia 27 de abril 10 anos de existência. O evento ocorreu por meio da plataforma Google Meet entre às 15h00 e 18h00.

5 de maio de 2021

Artistas urbanos do Cariri serão beneficiados com kits para pintura

 

(FOTO/ Divulgação)


O Coletivo Camaradas beneficiará com kits para pintura cerca de 10 artistas urbanos do Cariri. O kit será composto por tintas, pinceis, spray, colas, bandejas e fitas. Alguns desses materiais serão utilizados pelos artistas em projetos sociais.  Dentre os artistas beneficiados estão Wanderson Petrova e Charles Lessa que residem no Território Criativo do Gesso e tem trabalhos espalhados pela localidade.

MEC desconsidera pauta racial e prega patriotismo nos livros didáticos

 

(FOTO/ Marcello Casal Jr./ Agência Brasil).

O Programa Nacional do Livro Didático (PNDL) é responsável pela regulamentação e distribuição de livros didáticos no Brasil.  A nova proposta do edital para publicação de livros didáticos até 2023 exige  "promoção positiva da imagem do Brasil e da amizade entre os povos", além da "promoção de valores valores cívicos, como respeito, patriotismo,  cooperação e honestidade".

'Ao revogar a Lei de Segurança Nacional, Câmara reafirma a democracia'

 

Ditadura Militar no Brasil foi de 1964 a 1985. (IMAGEM/ Kaoru/ CPDoc).

"A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça (4), o projeto que revoga a Lei de Segurança Nacional (LSN) e cria uma parte especial no Código Penal, tipificando os Crimes Contra o Estado Democrático de Direito.

4 de maio de 2021

Negras e históricas: por que elas foram apagadas dos livros da escola

 

Ambrosina, aqui retratada pela artista Renata Felinto, era ama-de-leite em Taubaté (SP) no final do século 19; foi acusada de assassinar Benedito, filho dos patrões, tendo preferido amamentar seu próprio filho. (Imagem: Divulgação).

Francisca Luiz e Isabel Antônia foram perseguidas pela Visitação do Santo Ofício no século 17 por serem “sodomitas”. Aos tribunais da Inquisição declararam ter uma “amizade” de treze anos e que se “agasalharam” uma na casa da outra.

3 de maio de 2021

Indígena cria linha de bonecas para promover história do povo Tikuna

 

(FOTO/ Divulgação/ Brasil Eco/ Fashion Week ).

Linguagem lúdica para reconstruir a história não contada nos livros e representar a pluralidade de códigos culturais dos povos indígenas. Esses foram os fatores que motivaram a ativista, designer e empresária We’e’ena Tikuna a criar uma linha de bonecas em homenagem à sua aldeia de origem, a Umariaçu, no Amazonas, território da nação Tikuna. Com produção de três a cinco dias, os grafismos, o algodão cru e a fibra vegetal retirada do pé de Tururi - espécie local e milenar - são os materiais que dão vida às pequenas. Formada em artes plásticas no Instituto Dirson Costa de Arte e Cultura do Amazonas e com 12 de suas obras compondo o acervo permanente da exposição no Museu Histórico de Manaus, a amazonense usa do consumo consciente para informar.

Festival Afro e Indígena reúne artistas em documentário musical para resgate das raízes brasileiras

 

Sonia Barbosa. (FOTO/ Divulgação).

Por Nicolau Neto, editor

Promover a disseminação cultural através do resgate das raízes brasileiras. Essa é a principal finalidade do I Festival Afro e Indígena que ocorrerá entre os dias 6 e 8 de maio em forma de documentário musical e contará ainda com entrevistas dos artistas convidados, em que falam sobre suas trajetórias musicais, reflexões sobre a arte e as culturas negra e indígena, bem como suas vivências diante do isolamento social ocasionado pela pandemia da Covid-19.

2 de maio de 2021

10 anos do Blog Negro Nicolau

 

Por Karla Alves*

Eu gostaria de começar agradecendo por estar fazendo parte deste espaço interativo de informações que, como o próprio nome afirma, demarca um território identitário de informações sobre o povo negro brasileiro, com foco na região do Cariri Cearense.

1º de Maio: Enquanto sindicatos pedem vacina, bolsonaristas pregam intervenção

 

Ato itinerante no Rio de Janeiro. (FOTO/ SINTUFRJ e  ADUFRJ).

Em razão do 1º de Maio, dia do trabalhador, sindicatos e centrais fizeram atos pontuais neste sábado (1º) em algumas capitais brasileiras pedindo o retorno do auxílio emergencial de R$ 600, a vacinação em massa e #ForaBolsonaro, além de promoveram uma superlive com diversas lideranças sociais e políticas e artistas. Por outro lado, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se mobilizaram em protestos em defesa do mandatário, pedido uma intervenção militar e fazendo ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Grupo no Cariri cria podcast que aborda assuntos para vestibular

 

Por Alexandre Lucas, Colunista

Um grupo de seis jovens do Crato que concluíram o Ensino Médio o ano passado decidiram criar um podcast com o objetivo de disseminar conhecimento em áreas diversas, como filosofia, política, geografia e meio ambiente. Os episódios têm como foco assuntos para Enem e o vestibular.  Outra questão abordada no podcast são as estratégias de estudos. 

1 de maio de 2021

Trabalhadores negros (as) ocupam o topo das estatísticas de desemprego no país

 

(FOTO/ Agência Brasil).

As vulnerabilidades socioeconômicas foram agravadas pela chegada da pandemia pela COVID-19 no país. A falta de políticas públicas destinadas às classes que mais sofrem geram ainda mais dificuldade no acesso à direitos básicos. É o caso da assistente de compras e produtora cultural Ane Dilei, 26, que foi despedida em dezembro de uma empresa de delivery do Rio de Janeiro e veio tentar novas oportunidades no Recife, em fevereiro. “Vim em busca do que não encontrava onde morava. Além de preta e periférica, estava  na pandemia, desempregada e com baixo nível de oportunidades. Um cenário que me bota em um lugar de desvalorização enquanto mulher negra trabalhadora”, desabafa.

Desmonte da cultura, pandemia e a falta de mobilização cultural


Por Nicolau Neto, editor

Quando alguém (esteja investido em cargos eletivos ou não) deseja suprimir o poder de organização, mobilização e de luta do povo, não pensa duas vezes em destruir duas áreas: Cultura e Educação.

30 de abril de 2021

“Trabalhar a educação antirracista na escola é política pública”, diz professor

 

O professor Cleber acredita que a educação antirracista é uma forma de política pública. (FOTO/ Arquivo Pessoal).

O Ministério da Educação (MEC), junto com a Secretaria de Educação Continuada Alfabetização e Diversidade (Secad) alterou a Lei Diretrizes e Bases (LDB) e sancionou as leis 10639/03 e 11645/08, que obrigam o ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas a implementar o ensino de Relações Étnico-Raciais e História e Cultura Afrobrasileira e Africana no plano de ensino dos professores e livros didáticos, levando educação antirracistas para as salas de aula. Segundo a apresentação do MEC para as Diretrizes Curriculares Nacionais, entende-se que essa lei é uma ação afirmativa e tem a finalidade de “corrigir injustiças, eliminar discriminações e promover a inclusão social e a cidadania para todos no sistema educacional brasileiro”.

Uma década do Blog Negro Nicolau

 

Por Josyanne Gomes, Colunista

Fazer comunicação com responsabilidade e compromisso neste país, é um ato heroico! São muitas as armadilhas postas para este setor da Ciência. Vivemos na era das Fake News, onde tudo que escrevemos se torna alvo de ataques infundados, perseguição política, deslegitimação usada de má fé para desvalorizar o trabalho realizado, e por que não dizer demagogias. Como se não bastasse todo esse avalanche de negatividades impregnada na comunicação de massa, ainda temos que lidar com a cultura do Cancelamento.

29 de abril de 2021

Fátima Teles é uma das finalistas da 4ª Mostra de Poemas para Maria da Secult de Juazeiro do Norte

 

4ª Mostra de Poemas para Maria da Secult de Juazeiro do Norte. (FOTO/ Reprodução).

Por Nicolau Neto, editor

Foi divulgada nesta quarta-feira (28), pela Secretaria da Cultura de Juazeiro Norte, a lista dos poemas selecionados para compor o e-book 4ª Mostra Poemas para Maria.

Blog Negro Nicolau celebra 10 anos em encontro virtual com colunistas e colaboradores

 

Blog Negro Nicolau celebra 10 anos em encontro virtua com colunistas e colaboradores. (REGISTRO/ Dayze Vidal).

Por Nicolau Neto, editor

O blog Negro Nicolau (BNN) foi lançado em 27 de abril de 2011 originalmente alcunhado de “Altaneira Infoco” e posteriormente “Informações em Foco” até chegar a esta denominação. São 10 anos de atuação em defesa da promoção de uma sociedade menos desigual e menos intolerante, com equidade racial e de gênero completados nesta terça-feira (27).

Lendo histórias indefinidas

 

Por Alexandre Lucas, Colunista

Folheava as páginas do pensamento e lia histórias de amor indefinidas, acho que as páginas estão corretas, tem coisas de difícil definição, o amor é uma delas. É caminho sem fechadura e casa sem parede, é mutirão de flores e dores, é amontoado de gente que se espreme e que se esparsa, é véu que se esconde e que se enrola. Chegar a ser o que não é, às vezes o amor é isso: uma grande mentira. 

28 de abril de 2021

Jornal “O Homem de Côr”: imprensa negra revolucionária no Brasil

 

Em 1833, 55 anos antes da abolição formal da escravatura, nascia no Rio de Janeiro um dos percursores da imprensa negra no Brasil (ver: Imprensa negra no Brasil do século XIX, de Ana Flávia Magalhães). Intitulado “O Mulato” ou “O homem de cor”, o jornal foi fundado pelo tipógrafo e escritor Francisco de Paula Brito e é considerado o primeiro a tratar das questões da população negra, denunciando e lutando contra a discriminação racial.

27 de abril de 2021

10 anos do Blog Negro Nicolau

 

 Por Nicolau Neto, editor

27 de abril é dia de celebrar. O Blog Negro Nicolau (BNN) está completando uma década de lutas e de construção de outras narrativas. São 10 anos de atuação em defesa da promoção de uma sociedade menos desigual e menos intolerante, com equidade racial e de gênero.

26 de abril de 2021

Antiperiferia é o que nos convém

 

Por Alexandre Lucas, Colunista

Consagrar os saberes populares, enaltecer as periferias e defender o mesmo arroz e feijão simbólico para as populações das margens excluídas socialmente das cidades é um atestado de permanência nas relações de exploração e opressão. Se considerarmos que o espaço urbano é produzido a partir da lógica desigual de produção, concentração e circulação do capital, o que inevitavelmente produz estratificação social e espacial, podemos concluir que para reverter essa situação se faz necessário romper com essa estrutura e combater essa permanência.

50 anos de Veias Abertas da América Latina: “um livro para entender a vida e o mundo"

 

(FOTO/ Reprodução).

Abril pode ser considerado um mês de luto, porque a cada dia 13, desde 2015, soma um ano a mais da partida de Eduardo Galeano. O jornalista e escritor uruguaio, autor de 33 livros, faleceu há seis anos, vítima de um câncer de pulmão. No entanto, como Galeano escrevia que a vida é feita de “alentos e desalentos”, abril também é o mês de celebração dos 50 anos da publicação do seu primeiro grande sucesso: As Veias Abertas de América Latina, que foi “um porto de partida e não de chegada”, dizia o autor.

25 de abril de 2021

Apenas em 2038 haverá equidade racial entre professores universitários no país, aponta Censo da Educação

 

De 115.869 professores universitários no Brasil com título de Mestre, apenas 3.137 são negros. (FOTO/ Divulgação).

Atualmente no Brasil, cerca de 16% do quadro de professores em universidades públicas são negros, enquanto no ensino privado esse número é de 18%. Os dados são da última pesquisa do Censo da Educação Superior 2018, realizado pelo MEC, e revelam, ainda, que, caso o Brasil continue neste ritmo, apenas em 2038 haverá equidade racial no corpo docente de universidades públicas e privadas do país. O quadro, que ainda é pequeno, era menor antes da aprovação da Lei de Cotas para concursos públicos no Brasil, em 2014. De lá para cá, houve um aumento de 60% de professores negros em universidades públicas. Os dados revelam a desigualdade no sistema educacional e escancara os desafios enfrentados cotidianamente por alguns docentes.

Com mais de 408 mil casos, semana encerra com Bolsonaro atacando isolamento social

 

Em entrevista, Bolsonaro voltou a cogitar acionar o exército para se opor às autoridades que pensam diferente dele a respeito do controle da pandemia. (FOTO/ Evaristo Sa/ AFP).

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar os decretos publicados por governadores e prefeitos que garantem o isolamento social como forma de reduzir as contaminações e mortes pelo coronavírus.

24 de abril de 2021

Decreto autoriza aulas presenciais com 40% da capacidade até o 9º ano no Ceará

 

Decreto autoriza aulas presenciais até o 9º ano no Ceará. (FOTO/ Júlio Caesar).

A partir de segunda-feira, 26, escolas poderão avançar no processo de reabertura. Agora, o ensino presencial está permitido para turmas até o 9º do Ensino Fundamental, com 40% da capacidade. Antes, estava autorizado até o 4º ano. O ensino remoto deve continuar como opção para os pais que tiverem preferência por essa modalidade.

Lingua indígena Nheengatu é reconhecida como cooficial em cidade do Ceará

 

Líder indígena Teka Potyguara. (FOTO/ Reprodução/ Video/ Secult Monsenhor Tabosa).

Por Nicolau Neto, editor

O município de Monsenhor Tabosa, localizado nos sertões do Ceará, a partir do poder legislativo, entrou para a história do estado e do país ao dar um grande passo para o reconhecimento e valorização das histórias e das culturas indígenas. A Câmara aprovou no último dia 22 de abril e por unanimidade um projeto de lei que reconheceu a língua indígena Nheengatu como cooficial.

Após corte de 96%, governo anuncia que Censo do IBGE não será realizado em 2021

 

(FOTO/ Agência Câmara/ Reprodução/ Brasil de Fato).

Apesar do alerta de diversas entidades sobre as consequências de um apagão de dados no país sem a realização do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Junior, declarou nesta sexta-feira (23) que a pesquisa não será realizada em 2021 por falta de recursos.

23 de abril de 2021

Ambientalista diz que Bolsonaro mente ao falar de apoio a comunidades tradicionais

 

(FOTO/ Greenpeace).

Em discurso na Cúpula de Líderes sobre o Clima, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apresentou algumas informações ambientais incorretas, especialmente ao falar que “o governo federal investe no fortalecimento das ações de apoio às comunidades tradicionais”, o que inclui as populações indígena e quilombola.

22 de abril de 2021

GRUNEC celebra 21 anos com falas de resistência e de esperança e lançamento de site em evento virtual

(FOTO/ Reprodução/ YouTube).

Por Nicolau Neto, editor

Nesta quarta-feira (21), o Grupo de Valorização Negra do Cariri (GRUNEC) completou 21 anos de existência. Para celebrar essas mais de duas décadas, o coletivo negro, que nasceu na cidade de Crato, promoveu um evento virtual por meio de seu canal no YouTube.

Tropeço de olhares

 

Alexandre Lucas. (FOTO/ Reprodução).
                                                                                                                                        

Por Alexandre Lucas, Colunista

O vento não pode faltar! Escrevo para leveza, dessas que como as folhas dançam com o vento. Escrevo insistentemente para sentir as palavras brilharem, pularem e suarem, como num carnaval onde a alegria faz enchente de desejo.  Já me perco nas palavras que se enroscam no vento e na esperança. 

Lula é candidato e favorito à presidência da República em 2022

 

(FOTO/ Redes Sociais).

Com a votação do Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde de hoje, o ex-presidente Lula já é candidato a presidência da República. Só uma tsunami jurídica de proporções estratosféricas poderia mudar isso. Teria de ser revertida a suspeição de Sérgio Moro, que já foi aprovada na 2ª turma, e todos os processos encaminhados para o novo juiz, que ainda não se sabe se será de Brasília ou São Paulo, e ele então teria de usar testemunhos e provas para tomar sua decisão de maneira muito rápida. Mesmo assim, seria improvável que o julgamento de Lula em 2ª instância se desse antes do processo eleitoral de 2022.

21 de abril de 2021

Câmara aprova projeto que força volta às aulas em meio à pandemia

 

(FOTO/ Paulo Valadares/ Câmara dos Deputados).

Apesar da pressão dos partidos de oposição e dos profissionais de educação para barrar o o projeto de lei (PL 5.595/2020) que tenta forçar a reabertura de escolas durante pandemia ao colocar a educação presencial como “serviço essencial”, o PL foi aprovado na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (20).

20 de abril de 2021

Escola Pedro Felício Cavalcanti promoverá encontro virtuais com trabalhadores da palavra

 

Professora Tânia Santana. (FOTO/ Reprodução).

Abrir a escola para novas experiências de aprendizagem no campo da leitura, a partir da escuta dos trabalhadores e trabalhadas da palavra, é o intuito do Colégio Municipal Pedro Felício Cavalcanti, que pertence a rede municipal de ensino do Crato.  A partir do dia 26 de abril será iniciado o projeto “Falação”, que uma vez por semana realizará encontro virtual com cronistas, contistas, poetas, compositores, roteiristas e pesquisadores.

19 de abril de 2021

Lideranças indígenas protestam em Brasília contra Bolsonaro e por demarcação

 

(FOTO/ Tiago/ Reprodução/ RBA)

Com faixas por “Fora Bolsonaro” e “demarcação já”, cerca de 130 indígenas, de seis estados, protestam nesta segunda-feira (19), Dia da Resistência Indígena, em frente à Praça dos Três Poderes, em Brasília, em defesa de seus territórios e direitos constitucionais. A manifestação cobra a retomada dos processos de demarcação, paralisados desde a posse do governo de Jair Bolsonaro, e também protesta contra o Projeto de Lei (PL) 191, que legaliza a mineração em terras indígenas (TIs), ao PL 490/2007 e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/2000 que impedem o reconhecimento dos territórios tradicionais.

Comunidade Quilombola da Bananeira, em Altaneira, recebe vacina contra a Covid-19

 

Comunidade Quilombola da Bananeira, em Altaneira, recebe vacina contra a Covid-19.

Por Nicolau Neto, editor

Moradores da comunidade remanescente de quilombola da Bananeira, território da zona rural do município de Altaneira, no cariri cearense, começaram a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

A Vila de Nossa Senhora dos Milagres e a última aldeia indígena do Ceará

 

Dona Dionínia Severo, uma das últimas descedentes dos Kariri-Xocó de Milagres, detentora de prodigiosa memória que guarda a história e a cultura do seu povo. (FOTO/ Carlos César).

(Aldeia da Serra da Cachorra Morta, 1842-1867).

Por Carlos César Pereira de Sousa*

Em 1859 o naturalista Francisco Freire Alemão, o geólogo Guilherme Capanema, o poeta e etnólogo Gonçalves Dias e mais um grupo de astrônomos, botânicos, mineralogistas, zoólogos, geógrafos e etnólogos percorreram a região do Cariri fazendo importantes estudos científicos sobre as riquezas naturais, minerais e sobre as potencialidades agrícolas do sertão do Ceará. E chegaram a Milagres em meados desse ano.

Articulação dos Povos Indígenas estende faixa na esplanada e relembra luta pela vida

 

Justiça aos povos indígenas. (FOTO/ Mídia Ninja).

Por Nicolau Neto, editor

A esplanada dos ministérios amanheceu na manhã desta segunda-feira, 19, com uma grande faixa estendida. A ação é da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil.

18 de abril de 2021

Professor Nicolau Neto e professora Lavini Castro debatem maioridade da lei 10.639/03

 

(FOTO/ Reprodução/ YouTube).

Por Valéria Rodrigues, Colunista

A Lei 10.639/03 sancionada em 2003 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB/96) e que inclui no currículo oficial das redes públicas e particulares de ensino a obrigatoriedade da presença da temática "História e Cultura Africana e Afro-Brasileira” completou em 9 de janeiro do ano em curso 18 anos.

Impeachment 5 anos: a relação entre junho de 2013 e a ascensão da extrema-direita

 

Há cinco anos, a Câmara dos Deputados dava início à votação do processo de impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, por meio de um arranjo parlamentar que a levou à destituição da mandatária do cargo: 367 parlamentares votaram a favor do impedimento. Um deles, Jair Messias Bolsonaro, até então do Partido Social Cristão (PSC-RJ), dedicou seu voto à memória do torturador do Exército Carlos Alberto Brilhante Ustra, “o pavor de Dilma Rousseff”, e a um Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”.