sábado, 7 de setembro de 2019

I Seminário de Educação do Município de Altaneira Ceará, por Josyanne Gomes


O I Seminário de Educação de Altaneira foi aberto no auditório da Secretaria
Municipal de Assistência Social. (FOTO/João Alves).


No dia 31, do mês de agosto do ano de 2019, aconteceu no município de Altaneira Ceará, a primeira edição do Seminário de Educação, o evento foi realizado na secretaria de ação social do município.  

Nas palavras da secretária de Educação do município – Leocádia Soares: “A escola em tempo integral implementada e implantada há um ano e meio em Altaneira, tem surtido efeitos de reversão na desigualdade social”. Os dados, segundo ela, mostram uma queda no número de gravidez na adolescência e, também no número de ocorrências no que diz respeito a comportamentos que perturbavam a comunidade.

Altaneira, é um município com estimativa de oito mil habitantes segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para nível de maiores esclarecimentos, município é constituído pelo perímetro territorial que abarca zonas rurais e urbanas. Sendo assim, Altaneira possui parte significativa da população vivendo em áreas rurais até os dias de hoje. As fontes de renda são essencialmente da agricultura familiar, complementada por algum benefício de prestação continuada ou aposentadoria, seguido de uma parcela menor que compreende os funcionários públicos.

Nesse sentido, não é exagero afirmar que a escola em tempo integral neste município tem contribuído para o desenvolvimento social dos moradores da cidade, bem como da população escolar e também em nível de comunidade no geral.

Entre os temas discutidos no seminário de educação, foram ressaltados a valorização do profissional de educação, não só em termos monetários, mas para além desse caráter financeiro. Porque afinal de contas, valorização diz muito mais daquilo que somos, do que daquilo que temos. A formação continuada, por sua vez, também foi ponto de destaque, seguido dos relatos de experiência de desafios e superações de metas que os professores e professoras tem vivenciado diariamente em suas práticas pedagógicas e didáticas. O papel social de transformação através da educação foi pano de fundo do debate central de toda a temática do seminário.

O evento contou com a participação de toda a comunidade da rede de ensino municipal, além da presença de alguns representantes políticos, palestrantes, e representações de outros órgãos municipais que prestam serviços à população Altaneirense.

O vereador e professor Adeilton, na sua fala enfatizou o caráter de mudança a partir da educação. Classificou o fazer docente como missão e caminho para o aprendizado e transformação da sociedade. Nas suas palavras, externalizou a admiração pelos educadores, gestores e toda a equipe que faz a diferença por meio do trabalho e atuação no município.

O I Seminário contou ainda, com a presença de representantes da Câmara dos Vereadores, Assistência Social e da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação – CREDE 18 (com sede na cidade de Crato, região do Cariri, sul cearense) da qual Altaneira faz parte.

Palavras chave como Amor, Autoestima, Superação, Confiança e Transparência guiaram o fio condutor de reflexão e desempenho da programação do seminário, que teve início no sábado dia 31 de agosto, e se estendeu durante toda a semana passando por escolas da rede municipal, tendo como culminância e encerramento o sábado sete de setembro. A experiência serviu para socializar os trabalhos feitos, motivar novos desafios e avaliar os processos de erros e acertos que a rede pública de ensino têm promovido e executado durante a gestão – Altaneira nas mãos do povo.

Tolovi ministra palestra no I Seminário de Educação de Altaneira.
(FOTO/João Alves).

Nas palavras do professor Marco Aurélio, um dos palestrantes da conferência de abertura, ao nos ensinar que: - “Não há regime de trabalho bom se não houver vínculos! É preciso qualificar a aprendizagem e gerir as estratégias de ensino”. Aprendemos que uma das maneiras possíveis de se fazer educação é através da autogestão de emoções, afetos, e assim seremos capazes de ajudar nossos alunos e alunas a enxergar que o conhecimento deve ser livre, autônomo e emancipatório.

A exposição da manhã do dia 31 seguiu com a apresentação de dados estatísticos oferecendo um panorama real dos resultados de todas as escolas da CREDE 18, e mostrou a realidade de Altaneira, trazendo boas notícias e encorajando a seguir sempre no empenho por excelência e resultados cada vez mais satisfatório para todos e todas.

A palavra final de encerramento da conferência de abertura ficou por conta do professor, filósofo e educador Carlos Alberto Tolovi, que convidou a todas as pessoas presentes para refletir e criticar o atual sistema de ensino tal qual ele se apresenta. Na sua fala, aspectos como tencionar o campo político, pensar a si mesmo e o papel social para além do lugar de fala de educador/educadora, possibilitou o fechamento daquele primeiro momento com chave de ouro.  
_______________________________
Josyanne Gomes é graduada em Ciências Sociais pela Universidade Regional do Cariri (URCA), mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), professora e colunista do Blog Negro Nicolau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!