6 de agosto de 2016

Sobre o Blog Negro Nicolau (BNN)


Nicolau Neto, administrador e editor do Blog Negro Nicolau (BNN). (Foto: Lucélia Muniz).



O portal de comunicação Blog Negro Nicolau (BNN) vem dede o seu lançamento na rede mundial de computadores mantendo o compromisso de informar para formar opinião a partir de temas ligado a vários setores - como a cultura, educação, política, saúde, esporte, e a religiosidade e suas adjacências - discussão de gênero, relações étnico-raciais, empoderamento e diversidade – sempre com o intuito maior de propagar e incitar o exercício da cidadania no meio midiático.

Lançado em 27 de abril de 2011 com o nome "Altaneira Infoco”, tão logo deixamos de apresentar o Notícias em Destaque, jornal exibido semanalmente na Rádio Comunitária Altaneira FM, o Blog veio da necessidade de se ter um espaço para expor ideias e provocar o debate. O nome não agradou, principalmente porque não seria direcionado simplesmente para temas ligado ao município.

O Blog passou a ter a denominação de Informações em Foco (IF) e com este nome se tornou um dos diários virtuais mais acessados do Ceará. É bem verdade que nos primeiros meses do lançamento a angustia nos tomou conta ao percebermos as poucas visualizações. Quase que desistimos. Quase. Em 2012 conseguimos, pela primeira vez, dois mil acessos em um único dia. Em 2013 tivemos nossos maiores acessos. Poderíamos dizer que 2013 foi o ano da afirmação. Obtivemos os maiores acessos e de forma constante, o que é mais gratificante. Sempre ou quase sempre, superiores a 900 acessos/dia. Como já tivemos a oportunidade de registra aqui mesmo nesse espaço, números que para nós não tem nenhum auxílio financeiro, mas não deixamos de reconhecer como significativos para receber publicidade e acima de tudo publicidade alicerçada na cidadania.

Em 2014 foi mantida a média de acessos. Ainda sob o epíteto de Informações em Foco houve a ampliação do padrão de acessos, inclusive registrando no último mês deste a superação da barreira dos três mil acessos/dia e por dois dias (não necessariamente seguidos). Os maiores acessos foram proporcionados por artigos ligados à área educacional e quando da publicação no grupo “Historiadores”, na rede social facebook.

No primeiro semestre de 2015 o Blog se manteve entre aqueles mais acessados no âmbito local, perdendo apenas para o Blog de Altaneira (BA). Foram 130.105 visualizações contra 143.210 visualizações do BA. Já no segundo semestre, quando se constatou o somatório de todo o ano, o IF foi o mais acessado. De 4º lugar em 2013, segundo no ano seguinte ao primeiro lugar em 2015. Aqui foram computadas 303.339 visualizações.

Em 2016 resolvemos mais uma vez mudar de nome. Optamos por Blog Negro Nicolau (BNN). Mudamos o endereço na rede mundial de computadores, mas a qualidade nas informações e a preocupação para que esta seja utilizada como um instrumento de poder e transformação social, não.

A ideia de mudar o nome se deu em face de poder, através deste veículo de comunicação, contribuir a partir das nossas ações de sentimento de pertencimento para que outras pessoas se sintam representadas e empoderad@s por negr@s e negros e possam ainda se sentiram como tal, lutando para superar e eliminar os maiores canceres do Brasil – o preconceito, a discriminação e o racismo.

O fato é que o nosso blog sem se apegar ao modismo dos veículos de comunicação hospedados na internet e sem aderir ao elitismo barato e ao sensacionalismo, está sempre A SERVIÇO DA CIDADANIA, EMPODERAMENTO E DIVERSIDADE e, para tanto, sempre buscamos oportunizar os menos favorecidos, os que por algum motivo não tem voz através da comunicação. Esta (Comunicação) que consideramos uma das principais armas contra a homofobia, misoginia, racismo, conservadorismo, elitismo, enfim... contra as mais diversas formas que corroborem para perpetuar as desigualdades raciais. E é exatamente por pensar assim que além das nossas lutas diárias em vários espaços de poder, seja na escola ou na rádio, resolvemos colocar esse portal como mais uma das ferramentas nessa luta de classe onde estamos do lado dos oprimidos na busca permanente por fazer com que cada vez mais pessoas se sintam parte e se sintam principalmente empoderados/@s.

E está dando certo. Tanto que em apenas 6 (seis) dias o BNN ultrapassou os 141.000 (cento e quarenta e um mil) acessos. O que em média equivale a mais de 23.000 (vinte e três mil) acessos por dia. Merece registro ainda que em um único dia foi atingido 36.046 acessos.

Porém a visibilidade e a credibilidade do BNN só são possíveis porque temos você leitor, você leitora, colaboradores (as) como propagadores (as) dos nossos ideais.

Porém, o Blog Negro Nicolau (BNN) não é mais um projeto individual há alguns anos. Ele conta hoje com seis colunistas – a professora e cientista social Josyanne Gomes, a bióloga e agente social Valéria Rodrigues, a professora universitária e ativista negra Zuleide Queiroz, a historiadora e ativista negra Karla Alves, a poeta e escritora Fátima Teles e o jornalista Rodolfo Santana. O projeto “Colunista” dentro do Blog surgiu porque a gente acredita que a escrita é uma forma de liberdade, de empoderamento. A ideia foi fazer com que as pessoas se sintam corresponsáveis pela construção (através deste Blog) de uma cidade, de um estado e de um país menos desigual e menos intolerante; com equidade racial e de gênero.  Afinal, é essa a finalidade maior deste projeto.

O BNN é uma mídia negra livre. Foi construída com a missão de ser um espaço de comunicação de denúncia de todos os casos de segregação racial e ao mesmo de propor uma narrativa distinta da veiculada pelos polos de comunicações tradicionais, esteriotipada e que não questiona as estruturas racistas. O Blog oferece uma narrativa que destaca de forma afirmativa o povo negro deste país. É uma mídia de denúncia, de combate e de enfrentamento ao sistema, mas também de empoderamento, de identificação e de afirmação.
________________________________
Nicolau Neto - historiador; professor; palestrante; editor-chefe do Blog Negro Nicolau (BNN); colunista do site Intelectual Orgânico; ativista dos direitos civis e humanos das populações negras; membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe (ALB/Araripe-CE) e diretor vice-presidente da Associação Beneficente de Altaneira (ABA) - entidade mantenedora da Rádio Comunitária Altaneira FM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!