sábado, 30 de junho de 2018

Apresentações de escolas do município marcam a abertura do XVIII Festival Junino de Altaneira


Arraiá da EMEI Professora Fausta Venâncio no XVIII Festival Junino de Altaneira. (Foto: Ítalo Duarte).

Foi aberto na noite desta sexta-feira, 29, no Ginásio Poliesportivo Antonio Robério Carneiro, o XVIII Festival Junino de Altaneira com apresentações de todas as escolas do município, inclusive da Escola Santa Tereza, única de ensino médio. Este ano o tema gerador é “Os Ícones do São João Comemoram 60 Anos de Tradição” em alusão aos 60 anos de emancipação política do município.

Antes das apresentações, discursaram o prefeito Dariomar Rodrigues (PT) e a Secretária de Educação, respondendo interinamente pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, Leocádia Rodrigues. Informações colhidas junto ao portal oficial do município dão conta de que Leocádia afirmou que a intenção desta gestão foi a de construir um São João divertido e que fosse voltado ao resgate das tradições populares. Já o prefeito chamou a atenção para a manutenção da tradição da região que todos os anos coloca várias pessoas no ginásio. Ele mencionou ainda a respeito das emendas adquiridas junto aos deputados federais José Guimarães (PT) e Genesias Noronha (SDD).

Assim como nas edições anteriores, as escolas promoveram seus arraiás tendo como foco as homenagens a pessoas que, segundo elas, contribuíram com o desenvolvimento do município, a exemplo, da Escola de Educação Infantil Professora Fausta Venâncio que, além da pessoa que leva o nome da escola, homenageou, segundo a professora Socorro Lino, outras personalidades, como Dona Angelita - conhecida culturalmente e popularmente como Mestra do São Gonçalo em artigo feito por este professor e blogueiro -; o poeta Adriano de Sousa, membro e atual presidente da Academia de Letras do Brasil/Seccional Regional Araripe; Francisco Felenon Pereira, primeiro prefeito; João Ivan Alcântara, que exerceu o cargo de prefeito por mais de dois mandatos; o ex-prefeito Delvamberto Soares e o atual gestor Dariomar Rodrigues; a vereadora e microempreendedora Silvania Andrade; a artesã Odísia Pereira; Mãe Glória que passou a figurar no imaginário altaneirense como parteira e tem parte de sua história contada através de escritos pela jornalista Alana Maria e pelo advogado e blogueiro Raimundo Soares Filho, a professora aposentada Maria Duarte - carinhosamente chamada de "Tia Maria" -, além de outras personalidade.

O arraiá da EMEI Professora Fausta Venâncio foi a terceira a usar o cenário do ginásio. Antes dela se apresentaram a Creche Ciranda do Saber e a Escola Joaquim de Morais, do distrito do São Romão. Posteriormente ganharam o espaço a escola de ensino médio Santa Tereza que veio com uma homenagem aos 60 anos de Altaneira através de versos de cordel produzidos pelo professor Reginaldo Venâncio e que foi fruto do projeto literatura itinerante desenvolvido na instituição; a escola Joaquim Rufino de Oliveira, a Escola 18 de Dezembro com o Arraiá do 18Tão  e a Escola Joaquim Soares da Silva que contou a história do empresário Devanilton Soares, conhecido popularmente por Palito, que começou com o club Eros Dancing até chegar o sucesso em todo o pais com o Mega Som. O homenageado emocionado agradeceu a escola que teve como puxador do grupo junino o professor Wlberlândio. A noite contou também com o Arraiá da Melhor Idade.

O festival segue neste sábado, 30 de junho e amanhã, 1º de julho, com apresentações de grupos junino regionais. Não foi disponibilizado no portal do município quantos arraiás e de quais município se apresentarão em cada um dos dois dias restantes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!