sexta-feira, 29 de junho de 2018

Altaneirense de três anos dá aula de passos juninos e vira sucesso na internet


Imagem capturada do vídeo de Gabriel dançando compartilhado por sua mãe Daniela Felipe no facebook.

Gabriel Felipe de apenas três anos de idade virou um dos principais assuntos da pequena cidade de Altaneira, na região do cariri nos últimos dias.

Alvo dos holofotes midiáticos regionais depois de um vídeo gravado por sua mãe em que ele aparece dando uma aula de passos juninos durante a apresentação do grupo Arraiá do Ribuliço – que representa o município – em Farias Brito, Gabriel não mais saiu da boca do povo e de manchetes em alguns sites do cariri.

No G1 Ceará, por exemplo, na edição do CE TV, os apresentadores exibiram reportagem contando o histórico do garoto na casa dos pais, Daniela Felipe e João Felipe. Este último além de ser integrante da quadrilha, é também servidor da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo. A reportagem informa ainda que o garoto dançarino ganhou notoriedade pós vídeo postado pela mãe e que até o momento já conta com mais de dois milhões e setecentas mil visualizações.

Além dos passos que fazem parte das apresentações do Arraiá do Ribuliço, Gabriel também sabe das letras das músicas. Um dos erros da reportagem e que constantemente se repete é com relação do nome do grupo junino. “Arraiá do Rebuliço” frisa a reportagem. Mas o pequeno dançarino altaneirense faz questão de pronunciar corretamente ao cantar trechos da música de apresentação do grupo ribuliciano. “Arraiá do Ribuliço. Vem, vem brinca com a gente. Essa quadrilha é diferente....”. A equipe do CE TV veio a Altaneira e realizou a gravação no patamar da Igreja Matriz.

Ainda segundo a reportagem que em contato com os pais do garoto informa que este aprendeu toda a coreografia ensaiando junto com os demais integrantes do grupo.

Quem também deu destaque ao dançarino altaneirense mirim foi o site Miséria com o título “Aos três anos, pequeno dançarino de Altaneira faz sucesso na internet após vídeo gravado pela mãe” e assim como no G1 CE repetiu o erro do nome do grupo junino de Altaneira.

O Arraiá leva este nome para homenagear Antonio Rodrigues dos Santos, popularmente conhecido por Ribuliço. Durante sua vida foi servidor público municipal e teve destaque atuando como motorista por mais de uma década entre os anos 80 e 90 do século passado na camionete Ford F-1000, que passou a figurar no imaginário altaneirense como “Burra Preta”. Ribuliço também era poeta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!