terça-feira, 15 de maio de 2018

Pesquisa CNT aponta que sem Lula, indecisos, brancos e nulos chegam a 45,7%


Sem Lula, indecisos, brancos e nulos chegam a 45,7%, diz CNT. (Foto: Divulgação).

Pesquisa publicada nesta segunda-feira pela CNT aponta que, sem o ex-presidente Lula na disputa ao Palácio do Planalto nestas eleições, os indecisos, brancos e nulos chegam a 45,7% das intenções de votos dos brasileiros. Em pontos percentuais, representa 2,5 vezes mais que a intenção de votos a Jair Bolsonaro, primeiro colocado com 18,3% da preferencia do eleitorado.

Como Lula foi condenado por corrupção passiva pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), ele pode ser impedido de concorrer por conta da Lei da Ficha Limpa.

Em segundo lugar na pesquisa vem a pré-candidata da Rede, Marina Silva, com 11,2% e Ciro Gomes, do PDT, com 9%.

Já o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, do PSDB, tem 5,3% da intenção do eleitorado. Ele sofreu uma queda de 3,6 pontos percentuais em comparação o levantamento feito no mês de março.

Álvaro Dias, do Podemos, tem 3% da preferência do eleitorado, enquanto Fernando Haddad, do PT, tem 2,3%. Os petistas não admitem "plano B" caso Lula não chegue até o final do pleito, mas o ex-prefeito de São Paulo é um dos nomes citados para substituir o ex-presidente.

Fernando Collor, do PTC, tem 1,4% dos votos. Já os pré-candidatos Manuela D’Ávila (PCdoB), Guilherme Boulos (PSOL), João Amoêdo (Novo), Henrique Meirelles (PMDB), Flávio Rocha PRB) e Rodrigo Maia (DEM) não alcançam nem 1% do eleitorado no cenário sem o petista.

Bolsonaro estagnado

A pesquisa mostra que, com ou sem Lula da disputa, a intenção de votos a Bolsonaro muda muito pouco. Com o petista, ele tem 16,7%. Já sem o ex-presidente no páreo, a preferência cai para 18,3%

Em comparação ao levantamento anterior, realizado em março, Bolsonaro segue praticamente com os mesmos índices: 16,8% com Lula e 20% sem Lula.  A margem de erro, de ambas as pesquisas, é de 2,2 pontos percentuais.

No cenário em que Lula venha a disputar, o petista segue liderando, com 32,4% do eleitorado.

Em terceiro lugar está Marina Silva, com 7,6%, Ciro Gomes, com 5,4%, Geraldo Alckmin com 4% e Álvaro Dias, com 2,5%.

Com menos de 1% das intenções estão: Fernando Collor (0,9%), Michel Temer (0,9%), Guilherme Boulos (0,5%), Manuela D´Ávila (0,5%), João Amoêdo (0,4%), Flávio Rocha (0,4%), Henrique Meirelles (0,3%), Rodrigo Maia (0,2%), Paulo Rabello de Castro (0,1%).

Branco, nulos e indecisos, neste cenário, 26,7%.

Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), com o número BR-09430/2018. (Com informações deCarta Capital).

0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!