17 agosto 2014

Professoras e Alunas da Escola do município de Assaré visitam Fundação ARCA

Uma equipe constituída de coordenadoras(es), professoras(es), alunos, alunas e servidores da Escola Ananias Ferreira de Melo, que fica localizada no Bairro Moêda, no município de Assaré, estiveram na tarde desta sábado (16) no município de Altaneira objetivando conhecer o Projeto ARCA que em 14 de  julho de 2011 foi contemplado como um dos 242 pontos de cultura do Estado do Ceará.


Composta por cerca de trinta (30) integrantes na caravana assareenses conheceu um pouco da história de luta da entidade e os projetos educativos, culturais, além daqueles núcleos produtivos que tem como foco gerar renda para os seus membros.

A professora Lucía de Lucena, pertencente a ARCA deste o começo de sua formação ainda quando era ligada ao movimento religioso e não tinha ponto fixo se encarregou de relatar como esta entidade se tornou referência no município quando o assunto em questão é organização social, cultura e solidariedade. Lucena lembrou que o Projeto ARCA é uma entidade sem fins lucrativos e que vem desenvolvendo há mais de uma década importantes trabalhos nesta municipalidade e que devido a dimensão que tomou ao longo doas anos houve a necessidade deste projeto ser dividido em dois em Fundação e Associação. A primeira desenvolve projetos relacionados à área educativa e citou os projetos Inclusão Digital, Biblioteca ARCA da Leitura e Melodia. A segunda ficou com responsável por gerar, através da solidariedade renda aos agricultores. A apicultura é exemplo desse quesito.

É digno de registro que a organização dos pequenos proprietários rurais do município em uma rede de agricultores familiares faz parte de uma das atividades essenciais da Associação que permite a utilização de mão de obra em núcleos familiares. Além da subsistência familiar há também o fornecimento de alimentos para a merenda escolar.

Se utilizou da fala ainda Flávia Cícera que ora está como uma das coordenadoras do Ponto de Cultura ao lado de Fábio Barbosa e Flávia Regina. Flavia fez um balanço de como foram constituídos cada projeto e do impacto que cada um desses intentos vem fazendo na vida dos jovens e das jovens altaneirenses o que, para ela é força que gera a vidna de outros para a entidade e acabem não mais saindo.

Foram apresentados ainda os novos projetos que vem sendo desenvolvidos como o Leitura em Arte e Cine Leitura. Além disso os visitante conheceram o histórico do único veículo de comunicação desta localidade, a Rádio Comunitária Altaneira FM e a sua força na formação de opinião dos habitantes apresentado por Cláudio Gonçalves, Secretário de Atividades Sociais da Associação Beneficente de Altaneira – ABA, entidade mantenedora desse meio de comunicação.

Todas as apresentações tiveram como mediador Givanildo Gonçalves e foram subsidiadas por recitações de poesias, a maioria de autoria de Patativa do Assaré e músicas por crianças atendidas pelo projeto.

Em conversas com este blogueiro Mariana Mathias (foto ao lado), Agente Administrativa da Escola Ananias Ferreira de Melo ressaltou que já conhecia os trabalhos, “mas”, disse, “me encantei mais ainda com o trabalho desenvolvido na Fundação ARCA”.

Tão logo saiu da entidade a equipe seguiu em direção a Trilha Ecológica do Sítio Poças, uma idealização do Jurista Raimundo Soares Filho. Lá além de conhecer os caminhos desta perceberam ainda a Horta Dois Irmãos sob os cuidados de João Bel.

A cobertura fotográfica foi realizada pelo servidor público João Alves. Confira mais fotos.













0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!