terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Jesus de Nazaré foi fruto de um estupro, relata filme





A produção de um filme do diretor Paul Verhoeven está causando polêmica por causa de seu conteúdo controverso. “Jesus of Nazareth” é inspirado em um livro homônimo, escrito pelo próprio Verhoeven, e apresenta Jesus como não sendo filho de Deus e diz que ele não nasceu de uma intervenção divina, mas de um estupro cometido por um soldado romano em Maria.

O diretor holandês, conhecido por dirigir filmes como “Robocop” “A Espiã” e “Instinto Selvagem”, é também membro do “Seminário Jesus”, um grupo de leigos e estudiosos que questionam a veracidade dos evangelhos e os milagres de Cristo.

De acordo com o site O Diário, a obra está sendo considerado o mais blasfemo dos filmes que se tem a pretensão de ser lançado pelos estúdios de Hollywood. Em reação ao eminente início da produção do longa metragem, o Ministério The Christian Film & Television Commission lançou uma campanha para tentar impedir que o filme chegue às telas dos cinemas.

O ministério foi criado para monitorar e resgatar os valores cristãos na indústria do entretenimento e informar os cristãos de filmes e programas que denigrem Evangelho, e lançou uma campanha online antes que a verba para o filme seja aprovada de forma a impedir que ele seja produzido.

- Perseguição implacável da mídia liberal a fé cristã mostra mais uma vez o duplo padrão de intolerância. Não tinha como imaginar que um filme semelhante a este seria algum dia feito, dizendo que Jesus foi produto de um estupro – afirma Ted Baehr, fundador da Film Christian & Televisão Comissão e autor da campanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!