domingo, 10 de fevereiro de 2019

Internautas pedem que Globo reaja a casos de racismo no BBB


Internautas pedem que Globo reaja a casos de racismo no BBB. (Foto: Reprodução/CartaCapital).
A hashtag #bastaderacismonoBBB está entre as mais comentadas no Brasil, com cerca de 22 mil tweets neste domingo 10. A maioria das reações refere-se a uma atitude do participante Maycon, de 27 anos, barman na cidade de Piuhmi, Minas Gerais.

O brother disse que sentiu uma energia negativa após ver uma cena entre os participantes Rodrigo, 40 anos, cientista social especializado em direitos humanos, do Rio de Janeiro, e Gabriela, 32 anos, designer gráfica e percussionista de Ribeirão Preto, São Paulo.

De acordo com as postagens na internet, Rodrigo e Gabriela se emocionam ao ouvir a música “Identidade”, composta pelo sambista Jorge Aragão. De mãos dadas, os dois ficam em silêncio, reflexivos, com a letra que diz, em um trecho: “Quem cede a vez não quer vitória Somos herança da memória Temos a cor da noite Filhos de todo açoite Fato real de nossa história”.

Maycon, que via a cena de uma cadeira na área externa da casa, relata ao participante Diego que sentiu um “arrepio e que começou a tocar umas músicas esquisitas”. Maycon disse que, ao olhar para os dois, começou a escutar ‘uns negócios’, ‘não faça igual eles’, “aí veio Jesus Cristo na minha mente”, “Se você fizer igual eles, eles ganham mais força”.

A declaração de Maycon rapidamente gerou repercussão nas redes sociais, que o acusam de racismo. (Com informações de CartaCapital).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!