quinta-feira, 2 de agosto de 2018

PCdoB oficializa candidatura de Manuela D’Ávila à presidência


(Foto: Richard Silva/PCdoB).

O nome de Manuela D’Ávila foi confirmado nesta quarta-feira (1), como candidata à presidência da República pelo partido, em convenção realizada em Brasília. Atualmente ela é deputada estadual no Rio Grande do Sul. Durante seu discurso, Manuela voltou a criticar a prisão do ex-presidente Lula e ratificou sua defesa `a unidade da esquerda. As informações são de Alessandra Modzeleski, do G1.

Manuela defendeu, novamente, a unidade da esquerda “até o último dia possível”. “Eu sou candidata porque nós acreditamos na necessidade de durante os próximos 60 dias não abaixarmos a bandeira da defesa da liberdade de Lula, preso injustamente por esse estado de exceção. Sou candidata porque acredito que a unidade da esquerda deve ser defendida até o último dia possível”, disse.

Em relação ao nome do vice, ela destacou que deve esperar até a data limite para o registro da chapa. “O vice também estamos discutindo internamente, vamos esperar o limite”, disse.

Manuela foi questionada a respeito da chance de ser vice de uma chapa de esquerda ou do PT devido a sua defesa da “unidade da esquerda”. “A nossa candidatura, desde que foi colocada em 18 de novembro, sempre defendeu a unidade do nosso campo político, fizemos um conjunto de apelos público e ainda temos algum tempo. Se surgir alguma novidade nesse sentido, seguimos entusiastas”, ressaltou. (Com informações da Revista Fórum).


0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!