quarta-feira, 28 de março de 2018

Seu Quido. Altaneira há de reconhecer que deve muito da sua história a esse homem de altivez e luta



Euclides Nogueira Santana foi agricultor por necessidade; comerciante por vocação; político por atenção ao seu povo; farmacêutico por intuição, muito embora tenha sido autorizado à prática a partir de curso básico em farmácia.

Euclides Nogueira Santana, ou simplesmente
"Seu Quido". (Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução
do Livro "Resgatando a História de Altaneira).
Na infância ficou órfão de pai. Fez-se agricultor para auxiliar no sustento dos dois irmãos mais novos. Iniciou a vida no comercio precário como tropeiro vendedor de peles, milho, feijão, amendoim, rapadura e fumo. Anos mais tarde abriu as portas de um comércio varejista no centro da comunidade Santa Teresa. Assim fez-se conhecido de todos os cidadãos do lugarejo.

Em 1958, ingressou no movimento político que culminou com o desligamento do Distrito Altaneira do município de Farias Brito-CE. Escreveu o Hino Municipal de Altaneira e assim deu à mais nova cidade um dos seus primeiros símbolos cívicos.

Elegeu-se vereador para a primeira legislatura da cidade de Altaneira.

A partir de uma revelação em sonho, disse-se capaz de auxiliar os enfermos com práticas medicinais. Assim ficou reconhecido em toda a região.

Esteve ao lado de Altaneira nos momentos mais críticos da vida política daquela gleba.

Enquanto comerciante da cana-de-açúcar, deu renda aos pais de família que lhe prestaram serviços; investido de poderes políticos, fez muito sua terra e sua gente a partir dos tantos projetos que saíram de sua mesa; enquanto farmacêutico, atendeu os altaneirenses nas tardes quentes e nas madrugadas de chuva. Munido apenas de estetoscópio, esfigmomanômetro e muita sabedoria, visitava o paciente e tomava as decisões cabíveis ao momento: medicava com exatidão ou transferia para o Crato-CE.

Altaneira há de reconhecer que deve muito da sua história a esse homem de altivez e luta, discurso austero e sábio, determinado e corajoso.
 __________________________________________________________________________
Eclides Nogueira Santana entrou para o imaginário altaneirense como “Seu Quido” e acabou sendo escolhido como Patrono de Francisco Adriano de Sousa (autor dessa minibiografia encaminhada via correio eletrônico a redação do Blog Negro Nicolau (BNN) )na Academia de Letras do Brasil/Seccional Regional Araripe.



0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!