25 agosto 2017

Profissão de professor é chamada de bico em jornal e causa revolta


Uma matéria do jornal Metro, reproduzida no site Geografia News e neste Blog, ganhou grande repercussão na Web. A edição do veículo de comunicação em Campinas publicou uma reportagem com o título “Professores e garçons estão entre os bicos mais procurados”.

O texto que foi divulgada pela página “Ensino Superior”, gerou mais de 19 mil compartilhamentos e 5 mil reações no post. Diversos internautas se revoltaram por acreditar que o jornal fez uma interpretação errada da pesquisa. Explicando: A matéria se trata dos professores particulares, aqueles que oferecem aulas específicas, e não a docência como um todo. A pesquisa foi realizada pelo site Bicos, que é especializado em oferecer vagas de trabalhos temporários.



0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!