19 agosto 2017

Escola de rede pública marca aluno para não repetir merenda



Uma escola municipal da gestão João Doria (PSDB) está marcando os alunos que comem a merenda para que eles não repitam o lanche quando são servidos alimentos industrializados, como bebida láctea e bolachas.

Do Correio do Povo - Desde o início do mês, quando voltaram as aulas, os estudantes da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) João Amós Comenius, na Brasilândia (zona norte), recebem uma bolinha ou um risco na mão, feito com um canetão, quando se servem da merenda industrializada.

Assim, eles não podem pegar mais.

A avó de um estudante, que preferiu não se identificar, disse que na semana passada o garoto de 11 anos chegou em casa com uma bolinha pintada na mão dizendo que, com ela, não podia mais repetir o lanche.

"Ele não costuma comer na escola. Justo no dia que era um lanche que ele gostava, quis repetir e não pôde."

Resposta

A Secretaria Municipal da Educação, sob a gestão João Doria (PSDB), disse que "condena as práticas" citadas pelo Agora.

Afirmou que já tomou providências para que a marcação dos alunos não se repita e para que eles possam receber "a alimentação de qualidade oferecida pela rede".

O órgão disse que a mudança no cardápio da merenda foi adotada em escolas onde o preparo dos alimentos é feito por terceirizadas e que começaram há 15 dias, "sendo natural haver ajustes a serem feitos".

Segundo a secretaria, os alunos podem repetir as refeições servidas no almoço e o jantar quando há grãos, frutas e verduras.

A prefeitura afirmou que a repetição de alimentos industrializados, servidos nos intervalos (lanches), não é recomendada "por questões nutricionais".

O objetivo é garantir uma alimentação "mais saudável, nutritiva e equilibrada".

A secretaria não comentou a declaração das especialistas em educação que questionaram os alimentos industrializados na merenda.

Imagem/ Divulgação/ Correio do Povo.

0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!