20 junho 2017

Cafezinho: A horrível morte política de Marta Suplicy



Existem várias maneiras de morrer. Mas, certamente, a mais horrível, é a da senadora Marta Suplicy. A expressão de seu rosto, misturando vergonha, ódio, ressentimento, confusão, demonstraria que existe no fundo de sua alma, escondida, torturada, um último e frágil sentimento de solidariedade com a classe trabalhadora?

Marta saiu do PT com grande pompa, alegando que não tolerava mais a corrupção. E daí migrou para o PMDB de Cunha, de Jucá, de Moreira Franco.

E agora está na base aliada de Michel Temer, defendendo as reformas que tiram direitos de trabalhadores e aposentados.

Deixo abaixo, dois pequenos vídeos que estão viralizando na internet, com a senadora Marta Suplicy levando alguns merecidos sabões: o primeiro, de Katia Abreu. O segundo, de Lindberg Farias.

O mais irônico é que Marta Suplicy passou por toda essa vergonha para perder a votação na comissão do Senado, porque a reforma trabalhista, ao cabo, foi derrotada por 10 a 9.


Na foto, Marta Suplicy, no tempo em que não era a morta-viva da base de Michel Temer. Foto: Cafezinho.

0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!