17 maio 2017

Deputados pedem impeachment de Temer após revelação de áudio em que ele pede para comprar silêncio de Cunha


Após revelação do áudio em que Temer foi gravado dando aval para comprar silêncio de Cunha, deputados federais pediram o impeachment do presidente Michel Temer (PMDB), no plenário da Câmara na noite desta quarta-feira, 17. As informações são do portal UOL.

Do O Povo - O deputado Afonso Florence (PT-BA) foi um dos parlamentares que gritaram pelo impeachment de Temer. "Se isso é verdade, a gravação tem de ser verificada, mas isso incinera o governo, a reforma da Previdência. [Tem de ter] o impeachment imediatamente, fica insustentável. O processo tem de tramitar, mas é inexorável", afirmou.

Quando o grupo de cerca de 20 parlamentares começou a gritar pelo afastamento de Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão e se retirou do plenário. Questionado por jornalistas, ele limitou-se a dizer que "não há mais clima para trabalhar".

O deputado José Guimarães (PT-CE) disse que já havia motivos para mover um impeachment contra Temer. "Ou se faz isso de abrir o impeachment ou não se faz mais nada no país", declarou.

A denúncia também repercutiu no Senado. No plenário, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) informou que os parlamentares que fazem oposição ao peemedebista estão "começando a discutir a apresentação de impeachment imediatamente" do presidente Michel Temer.


"É um crise gravíssima na história do país", comentou, antes de ler, ofegante, a reportagem publicada pelo jornal "O Globo". O petista anunciou que a bancada iria se reunir para tratar dos termos do pedido.


0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!