18 janeiro 2017

Lançada em DVD história da primeira parlamentar negra


A história da catarinense, que foi primeira parlamentar negra brasileira, começou a circular pelo Brasil em um novo suporte. O DVD do curta-metragem sobre Antonieta de Barros está sendo distribuído gratuitamente, e uma parte está sendo vendida para financiar novas produções.



Desde o começo, o meu objetivo principal foi fazer um bom filme, mas que a história da Antonieta de barros conseguisse circular pelo maior número de lugares e tivesse um maior número de espectadores possível. Quando ficou pronto, a gente não tinha como fazer as cópias e distribuir, então a gente resolveu fazer um financiamento coletivo, foi a primeira experiência nesse formato. A gente atingiu a marca que precisava e conseguimos apoio de pessoas que a gente nem imaginava”, conta a diretora Flávia Person.

O documentário 'Antonieta' é um resgate da trajetória daquela que atuou como educadora, jornalista e política.
Foto: Correio Nagô.

Antonieta de Barros nasceu em Florianópolis em 1901. Formou-se no magistério e abriu sua própria escola aos 22 anos. Quando tinha 34, foi eleita deputada, sendo a primeira mulher no parlamento catarinense e a primeira deputada negra do Brasil, em 1935, apenas três anos depois da conquista das mulheres ao direito de votar no Brasil.

Festivais

Em um ano após estreia, o curta Antonieta participou da Mostra Première do Festival do Rio 2016 e foi um dos destaques da Mostra Brasil do 27º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo.

O filme também participou da seleção oficial dos seguintes festivais brasileiros: 11ª Mostra Cine Ouro Preto; II Curta Lages Mostra de Cinema; 27º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo; VII CachoeiraDoc; 16º Festival Iberoamericano de Sergipe; 16ª Goiânia Mostra Curtas; Festival do Rio 2016; 26º Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema; 3º Festival de Cinema de Caruaru; 3º Festival de Cinema de Três Passos; VI Semana Fluminense do Patrimônio; 23º Festival de Cinema de Vitória; 1ª Muestra de Cine Documental CENTRAL-DOC/TLX (Tlaxcala-MEX) e recebeu menção honrosa no 3º Festival de Cinema de Três Passos.

Em novembro, foi exibido na Muestra Internacional de Cine Documental Central – Doc Tlaxcala, no México e selecionado para o Equality Festival, realizado na Ucrânia.

Financiamento coletivo

No mês de abril, mais de 100 pessoas de diversos estados ajudaram a financiar coletivamente, por meio da plataforma Benfeitoria, a produção de cópias do filme para distribuição gratuita a escolas, universidades e pontos de cultura pelo país, com tradução e legendagem em português, inglês, espanhol e francês, e também libras e audiodescrição.

Agora, com o DVD pronto, mais uma tiragem será vendida por um valor simbólico, R$ 15,00, para financiar ainda mais a distribuição e outras iniciativas da produtora, que comercializa as cópias através do site da Magnólia Produções

Para informações sobre como adquirir gratuitamente é preciso enviar um e-mail para producoesmagnolia@gmail.com 

c           

0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!