07 setembro 2016

Negro Nicolau: O cariri gritou FORA TEMER e pelo Restabelecimento da Democracia



Os municípios de Crato e Juazeiro do Norte, na região metropolitana do cariri cearense, foram palco neste dia 07 de setembro de manifestações organizadas por movimentos sociais, professores, estudantes, trabalhadores e trabalhadoras que tinham como base o FORA TEMER e o restabelecimento da democracia.

Em Crato, o Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec), a Caritas Diocesana e a Associação Cristã de Base (ACB) protagonizaram o momento que através do tema “vida em primeiro lugar” e lema "este sistema é insuportável: Exclui degrada e mata” durante realização do XXII Grito do Excluídos gritaram não só a saída do presidente Michel Temer, mas pediram o restabelecimento da democracia no país, do ministério do desenvolvimento agrário- MDA e protestaram ainda contra a retirada de direitos previdenciários e trabalhistas.

A página da Cárita Diocesana de Crato, no facebook compartilhou diversas imagens com cartazes e faixas. Os manifestantes seguravam uma das faixas que dizia “em defesa da democracia. Diga não ao golpe”. Do mesmo modo a ACB também compartilhou e uma das faixas levava o clamor “gritamos por: reforma agrária e reforma política já”.

Segundo Maria Eliana, do Grunec, o grito dos excluídos que uniu movimentos sociais, ONGs, Pastorais Sociais, Instituições, Sociedade Civil organizada, todos ligados às populações da cidade e do campo (trabalhadorxs, mulheres, jovens, idosxs, homens, negritude, estudantes, professores(as) da zona rural estavam lá para em uma só voz dizer “não ao golpe, fora Temer e lutar pela democracia, diretas Já, reforma agrária e direitos”.

Já em Juazeiro do Norte foi realizado o 1° Grande Ato Fora Temer do Cariri. Segundo os organizadores o manifesto ocorreu de forma pacífica e contaram com a compreensão e participação da grande maioria dos espectadores e dos estudantes que desfilaram no 07 de setembro. Segundo ainda os organizadores, houve o diálogo com a população mediante panfletos, cartazes, faixas e palavras de ordem, e o mais importante, disseram eles “constatamos que a grande maioria da população também repudia o golpe de estado orquestrado pela elite brasileira”.

Não foi divulgado o número de participantes nas duas cidades. Abaixo fotos (compartilhadas nas redes sociais pelos autores das manifestações) em Crato e juazeiro do Norte.










0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!