27 junho 2016

Grunec promove encontro e debate cronograma de ações



O Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec) promoveu na tarde do último sábado, 25 de junho, no município de Crato, um encontro junto aos membros com o propósito de dentre outras finalidades, debater a conjuntura política que ora se desenha no Brasil.

Com o sentimento de gratidão que acolho todos vocês” foi com essas palavras de Valéria Carvalho, Verônica Neves e Maria Eliana, que o encontro foi iniciado. Esta última, inclusive, teceu considerações de forma reflexiva acerca da atual situação política do país, reforçando o combate ao golpe já em andamento, primando na sua fala pelas diversas ações conservadora, elitista e racista do governo interino Michel Temer como, por exemplo, a extinção da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), do Ministério do Desenvolvimento Agrário e a formação de ministérios com ausência de negros, negras e indígenas, grupos que sempre estiveram à margem do poder.

Este blogueiro, agora oficialmente membro do Grunec, chamou a atenção para a volta de pautas que colocam em riscos o direito da juventude pobre e negra deste pais, como, por exemplo, a Proposta de Emenda à Constituição que faz menção a Redução da Maioridade Penal (PEC 171/93), assim como aquela que colocam a margem e censura as manifestações artísticas e sociais do estado do Ceará através de um projeto de lei apresentado no último dia 23 pela Deputada Silvana Oliveira com mandato pelo PMDB que “disciplina, no âmbito do estado do Ceará, manifestações sociais, culturais e/ou de gênero e dá outras providências”. Ressaltamos que a proposta além de censurar é inconstitucional.  

Ante a este cenário desanimador é que o Grunec se apresenta como movimento social, pois está vigilante. Verônica Neves ao apresentar o histórico do grupo sempre atuante nas causas afirmou que se faz necessário um posicionamento frente a situação e defendeu a elaboração de uma carta aberta externando e refletindo o momento. Ela afirmou ainda que está muito próximo da aposentadoria e que tão logo haja a concretização irá se dedicar de forma completa ao grupo, ressaltando que um dos temas que mais se debruçará será o feminismo negro.

Valéria Carvalho, aproveitou o ensejo para tecer comentários sobre o VII Artefatos da Cultura Negra que tem o Grunec como um dos realizadores. Ela chamou a atenção para a importância do evento que se dará entre os dias 19 e 23 de setembro no cariri, pois é o momento de compartilhamento de saberes e de refletir e agir acerca das causas negras.

Na oportunidade, foi frisado ainda que entre os  dias 30 de junho e 1º de julho representantes do Grunec estarão na Assembleia Legislativa do Ceará com o propósito de receber a posse enquanto movimento no Conselho da Igualdade Racial.

Dentre muitos encaminhamentos, ficou decidido da importância de se implementar grupos de estudos, montagem de núcleos do Grunec em Altaneira e Barbalha, ao passo que se promoveu o recadastramento de seus membros, além do compromisso de nos fortalecer cada vez mais. 

Além do nomes supracitados, participaram do encontro Paulo Fuisca, Yascara, Janayna Leite, Francisco Roserlândio e Lurdes Oliveira. 

Grunec promove encontro e debate cronograma de ações. Foto: Grunec.

0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!