29 outubro 2015

Conferência de Direitos Humanos, LGBT e Mulheres será realizada na URCA



Após visitar a cidade de Sobral e Itapipoca, a Conferência Regional Unificada dos Direitos Humanos, Mulheres e LGBT chega, neste sábado (31), ao Crato . Nas duas cidades pelas quais passou a conferência regional unificada conseguiu cumprir o papel de ser um elo entre a população e o poder público. Em cada região estão sendo eleitos 20 delegados para a Conferência Estadual dos Direitos Humanos.

No Crato, a expectativa é a de que também haja engajamento dos movimentos sociais, mulheres, LGBT, juventude, pessoas com deficiência, entre outros. O coordenador especial de políticas públicas dos Direitos Humanos do Governo do Estado, Demitri Cruz, acredita que a oportunidade de aproximar a política do Estado como ferramenta de dialogo e respeito aos direitos humanos será bem aproveitada. "A conferência regional será marco de aproximação e construção de uma pauta conjunta entre Governo, movimentos sociais e organizações da sociedade civil que buscarão, pela via do diálogo, superar as violações de direitos humanos na região do Cariri", conclui Demitri.

A Universidade Regional do Cariri (URCA) é parceira da Coordenadoria Especial dos Direitos Humanos do Estado do Ceará, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, da Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para LGBT, vinculadas ao Gabinete do Governador, e do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos na realização desta conferência.

As coordenadorias e o Conselho acreditam que o conhecimento é uma das principais ferramentas de promoção de uma cultura de direitos humanos. “A URCA vem demonstrando por meio de ações, como a comissão de direitos humanos e o observatório da violência, que tem na sua essência o papel de defensor e difusor dos direitos humanos", afirma Demitri.

Acompanhe a programação no Cariri



Entenda as Conferências

As Conferências Regionais dos Direitos Humanos têm o objetivo de reafirmar e ampliar o compromisso de municípios, Governo do Estado e sociedade com as políticas públicas de promoção e defesa dos direitos humanos e de promoção da igualdade. A síntese dos debates será apresentada no encontro estadual e na 12a Conferência Nacional dos Direitos Humanos.

0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!