07 setembro 2015

Movimentos Sociais do Cariri promove Grito dos Excluídos em alusão ao 07 de setembro


Os movimentos sociais com forte atuação na região do cariri cearense promoveram na manhã desta segunda-feira, 07, o Grito dos Excluídos.

Movimentos Sociais do Cariri promove o Grito dos Excluídos durante o 07 de setembro. Foto: Cártias Diocesana de Crato.

Segundo Valéria Carvalho, uma das integrantes do Grupo de Valorização Negra do Cariri (GRUNEC) e uma das organizadores do movimento, a concentração tinha como ponto inicial a Praça São Vicente, no município de Crato, vindo a compor a bandeira de luta e pauta das reivindicações a mesma do grito – “Que país é este, que mata a gente, que a mídia mente e nos consome."

Valéria informou ainda que o tema foi trabalhado amplamente nos grupos e na feira de economia solidária dentro do Artefatos da Cultura Negra realizado entre os dias 31 de agosto e 04 do mês corrente.

Os participantes exibiram faixas se contrapondo ao racismo e a violência, demonstração de cartazes que reforçam a importância de se valorizar a cultura e  o respeito para com o outro, além de ressaltarem a garantia dos direitos básicos e a construção de espaços políticos participativos.

O grupo Cáritas Diocesana de Crato ao compartilhar imagens que ilustram este artigo fez questão de frisar os motivos da movimentação: “7 de setembro, dia de comemorar a Independência do Brasil, tão dependente de gente que mente, que não é patriota e que nos envergonha... Dia de sair nas ruas e perguntar que País é esse?!  Dia de mostrar para nossas crianças que um novo mundo é possível, que a nossa cultura tem que ser valorizada e que precisamos respeitar mais os nossos irmãos, o nosso País... Essa é a nossa bandeira!”

Confira mais fotos abaixo








0 comentários:

Postar um comentário

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!