3/31/2013

Juventus conquista Torneio Cancão de Futsal em Altaneira

1 comentários



Jogo da final envolvendo as equipes da Juventus (com camisa
e short amarelo e preto) e Nice (de camisa e short branco
e vermelho) no Ginásio Poliesportivo em Altaneira
O final de semana em Altaneira foi de grandes disputas no futsal. Como preparativo para o X Campeonato de Futsal deste ano, as equipes do Altacity, Amaro, ARCA, Juventus, Nice e Veteranos estiveram reunidas durante este domingo, 31, no Ginásio Poliesportivo disputando o Torneio Cancão.

No momento em que parte do município esteve voltado suas atenções para os festejos dos caretas, o Ginásio Poliesportivo foi palco neste domingo do Torneio Cancão que envolveu as principais equipes de futsal altaneirense, além de um ilustre convidado do município de Assaré, a equipe que leva o nome do sítio Amaro.

Durante a manha, as partidas classificatórias foram disputadas entre Nice e ARCA, Juventus e Amaro, além de Altacity e Veteranos.  Em um confronto marcado por 11 gols o Nice venceu a ARCA pelo marcador de 08 x 03. Sem muitos gols, mas bastante disputado, a equipe vice campeã do IX Campeonato de Futsal disputado em 2012, a Juventus sofre para bater a boa equipe visitante no torneio, o Amaro, de virada, por 02 x a 01. Surpreendente foi o resultado da partida que envolveu o atual campeão de Futsal, o Altacity e a equipe dos Veteranos. Sem tomar conhecimento do campeão os Veteranos acabaram sapecando um impiedoso 05 a 01.

Ainda pela manha, Nice e Juventus venceram seus adversários nas semifinais, Veteranos e Amaro, vindo a reeditar a grande final de 2011 pelo VIII Campeonato de Futsal.

À noite, antes da grande final, as equipes femininas da ARCA e Amaro fizeram a partida preliminar, vencida por esta última. 03 x 01 foi o resultado do jogo.

Em um jogo muito disputado, Juventus e Nice não fizeram por menos e presentearam o público pequeno que acompanhavam a grande final. No tempo normal as equipes empataram em 01 x 01. Nas penalidades, o jogador Sambô desperdiçou a cobrança e a Juventus acabou faturando o Torneio Cancão de Futsal.

Essa disputa serviu para perceber o nível das principais equipes do município, além de ser também um preparativo para a X edição do Campeonato de Futsal deste ano, além de homenagear um dos principais representantes do esporte local, o falecido Robério Carneiro, vulgo Cancão.

Vale Ressaltar que o Altacity perdeu grandes jogadores que participaram da conquista do ano passado, como Dadazinho, Lindevânio e Adalberto. O mesmo aconteceu com a ARCA que perdeu sua principal referência nos chutes de longa e média distância, Dadá que acabou indo para a Juventus. Ambas as equipes se mostraram fragilizadas com estas percas. Já a Juventus conseguiu reforçar ainda mais o time com a Chegada de Dadá e Vanderson. O Nice também se reforçou e trouxe Sandro, o ex-jogador do seu principal rival.

O Torneio Cancão contou com os seguintes patrocinadores:

Mercadinho João dá Máquina
Lanchonete São Mateus
New Games, 
Mercadinho Ana Evilly,
Ana Ísis Perfumaria,
Bar do Brizola,
Alex Jóia.
Francisco dos pastéis
Via center
Ver. Prof. Adeilton
Ver. Genival
Ver. Edezio


Continue Lendo...

Poder Econômico, Judicial e a Globo conseguem calar imprensa alternativa

0 comentários



Luiz Carlos Azenha já foi profissional da rede
Globo
Luiz Carlos Azenha, jornalista e editor do blog Viomundo, anunciou na última sexta-feira, 29, que não mais editará o seu portal.  O blogueiro e jornalista se despediu dos leitores em sua página da rede social Facebook e apresentou as justificativas dessa decisão : a série de processos movidos contra ele em razão de críticas direcionadas à Rede Globo e ao diretor de Jornalismo Ali Kamel. “Eu estou no limite”, escreveu.

No portal viomundo, Luiz Carlos escreveu com riqueza de detalhes a decisão. “Por mais que isso me doa profundamente no coração e na alma, devo admitir que perdemos. Não no campo político, mas no financeiro. Perdi. Ali Kamel e a Globo venceram. Calaram, pelo bolso, o Viomundo”, disse ele.

Confira toda a explicação em tom despedida de Azenha que recebeu o seguinte título: Globo consegue o que a ditadura não conseguiu: calar imprensa alternativa

"Meu advogado, Cesar Kloury, me proíbe de discutir especificidades sobre a sentença da Justiça carioca que me condenou a pagar 30 mil reais ao diretor de Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel, supostamente por mover contra ele uma “campanha difamatória” em 28 posts do Viomundo, todos ligados a críticas políticas que fiz a Kamel em circunstâncias diretamente relacionadas à campanha presidencial de 2006, quando eu era repórter da Globo.

Lembro: eu não era um qualquer, na Globo, então. Era recém-chegado de ser correspondente da emissora em Nova York. Fui o repórter destacado para cobrir o candidato tucano Geraldo Alckmin durante a campanha de 2006. Ouvi, na redação de São Paulo, diretamente do então editor de economia do Jornal Nacional, Marco Aurélio Mello, que tinha sido determinado desde o Rio que as reportagens de economia deveriam ser “esquecidas”– tirar o pé, foi a frase — porque supostamente poderiam beneficiar a reeleição de Lula.

Vi colegas, como Mariana Kotscho e Cecília Negrão, reclamando que a cobertura da emissora nas eleições presidenciais não era imparcial.

Um importante repórter da emissora ligava para o então ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, dizendo que a Globo pretendia entregar a eleição para o tucano Geraldo Alckmin. Ouvi o telefonema. Mais tarde, instado pelo próprio ministro, confirmei o que era também minha impressão.

Pessoalmente, tive uma reportagem potencialmente danosa para o então candidato a governador de São Paulo, José Serra, censurada. A reportagem dava conta de que Serra, enquanto ministro, tinha autorizado a maior parte das doações irregulares de ambulâncias a prefeituras.

Quando uma produtora localizou no interior de Minas Gerais o ex-assessor do ministro da Saúde Serra, Platão Fischer-Puller, que poderia esclarecer aspectos obscuros sobre a gestão do ministro no governo FHC, ela foi desencorajada a persegui-lo, enquanto todos os recursos da emissora foram destinados a denunciar o contador do PT Delúbio Soares e o ex-ministro da Saúde Humberto Costa, este posteriormente absolvido de todas as acusações.

Tive reportagem sobre Carlinhos Cachoeira — muito mais tarde revelado como fonte da revista Veja para escândalos do governo Lula — ‘deslocada’ de telejornal mais nobre da emissora para o Bom Dia Brasil, como pode atestar o então editor Marco Aurélio Mello.

Num episódio específico, fui perseguido na redação por um feitor munido de um rádio de comunicação com o qual falava diretamente com o Rio de Janeiro: tratava-se de obter minha assinatura para um abaixo-assinado em apoio a Ali Kamel sobre a cobertura das eleições de 2006.

Considero que isso caracteriza assédio moral, já que o beneficiado pelo abaixo-assinado era chefe e poderia promover ou prejudicar subordinados de acordo com a adesão.

Argumentei, então, que o comentarista de política da Globo, Arnaldo Jabor, havia dito em plena campanha eleitoral que Lula era comparável ao ditador da Coréia do Norte, Kim Il-Sung, e que não acreditava ser essa postura compatível com a suposta imparcialidade da emissora. Resposta do editor, que hoje ocupa importante cargo na hierarquia da Globo: Jabor era o “palhaço” da casa, não deveria ser levado a sério.

No dia do primeiro turno das eleições, alertado por colega, ouvi uma gravação entre o delegado da Polícia Federal Edmilson Bruno e um grupo de jornalistas, na qual eles combinavam como deveria ser feito o vazamento das fotos do dinheiro que teria sido usado pelo PT para comprar um dossiê contra o candidato Serra.

Achei o assunto relevante e reproduzi uma transcrição — confesso, defeituosa pela pressa – no Viomundo.

Fui advertido por telefone pelo atual chefão da Globo, Carlos Henrique Schroeder, de que não deveria ter revelado em meu blog pessoal, hospedado na Globo.com, informações levantadas durante meu trabalho como repórter da emissora.

Contestei: a gravação, em minha opinião, era jornalisticamente relevante para o entendimento de todo o contexto do vazamento, que se deu exatamente na véspera do primeiro turno.

Enojado com o que havia testemunhado ao longo de 2006, inclusive com a represália exercida contra colegas — dentre os quais Rodrigo Vianna, Marco Aurélio Mello e Carlos Dornelles — e interessado especialmente em conhecer o mundo da blogosfera — pedi antecipadamente a rescisão de meu contrato com a emissora, na qual ganhava salário de alto executivo, com mais de um ano de antecedência, assumindo o compromisso de não trabalhar para outra emissora antes do vencimento do contrato pelo qual já não recebia salário.

Ou seja, fiz isso apesar dos grandes danos para minha carreira profissional e meu sustento pessoal.

Apesar das mentiras, ilações e tentativas de assassinato de caráter, perpretradas pelo jornal O Globo* e colunistas associados de Veja, friso: sempre vivi de meu salário. Este site sempre foi mantido graças a meu próprio salário de jornalista-trabalhador.

O objetivo do Viomundo sempre foi o de defender o interesse público e os movimentos sociais, sub-representados na mídia corporativa. Declaramos oficialmente: não recebemos patrocínio de governos ou empresas públicas ou estatais, ao contrário da Folha, de O Globo ou do Estadão. Nem do governo federal, nem de governos estaduais ou municipais.

Porém, para tudo existe um limite. A ação que me foi movida pela TV Globo (nominalmente por Ali Kamel) me custou R$ 30 mil reais em honorários advocatícios.

Fora o que eventualmente terei de gastar para derrotá-la. Agora, pensem comigo: qual é o limite das Organizações Globo para gastar com advogados?

O objetivo da emissora, ainda que por vias tortas, é claro: intimidar e calar aqueles que são capazes de desvendar o que se passa nos bastidores dela, justamente por terem fontes e conhecimento das engrenagens globais.

Sou arrimo de família: sustento mãe, irmão, ajudo irmã, filhas e mantenho este site graças a dinheiro de meu próprio bolso e da valiosa colaboração gratuita de milhares de leitores.

Cheguei ao extremo de meu limite financeiro, o que obviamente não é o caso das Organizações Globo, que concentram pelo menos 50% de todas as verbas publicitárias do Brasil, com o equivalente poder político, midiático e lobístico.

Durante a ditadura militar, implantada com o apoio das Organizações Globo, da Folha e do Estadão — entre outros que teriam se beneficiado do regime de força — houve uma forte tentativa de sufocar os meios alternativos de informação, dentre os quais destaco os jornais Movimento e Pasquim.

Hoje, através da judicialização de debate político, de um confronto que leva para a Justiça uma disputa entre desiguais, estamos fadados ao sufoco lento e gradual.

E, por mais que isso me doa profundamente no coração e na alma, devo admitir que perdemos. Não no campo político, mas no financeiro. Perdi. Ali Kamel e a Globo venceram. Calaram, pelo bolso, o Viomundo.

Estou certo de que meus queridíssimos leitores e apoiadores encontrarão alternativas à altura. O certo é que as Organizações Globo, uma das maiores empresas de jornalismo do mundo, nominalmente representadas aqui por Ali Kamel, mais uma vez impuseram seu monopólio informativo ao Brasil.

Eu os vejo por aí".





Continue Lendo...

3/30/2013

Cantora Joelma: Homossexuais são como drogados

1 comentários



Joelma, 38 anos, comparou os homossexuais
aos dependentes químicos
A vocalista da Banda Calypso, Joelma, 38 anos, causou mais polêmica ao tecer comentários falsários, típicos de pessoas desprovidas de bom senso e que demonstra a sua pouca capacidade em aceitar os que possuem orientações sexuais diferentes. Não se contentado com seus discursos preconceituoso de outrora, ela voltou a afirmar ser contra o casamento entre homossexuais.

Ao ceder entrevista para a revista "Época", a artista, de religião protestante desde que sofreu uma estafa, chegou a comparar os homossexuais com usuários de drogas.

Joelma foi enfática ao afirmar que caso venha a ter um filho homossexual não descansará até “convertê-lo”. Disse mais: "Já vi muitos se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar".

Em agosto do ano passado a cantora apareceu em um vídeo gravado por um fã homossexual, em que ela o aconselhava a deixar de ser gay. "Você vai se converter, vai virar homem, vai casar, ter filhos. Você vai dar muita alegria para o seu pai, sua mãe", disse ela, na época.

Continue Lendo...

Lula: Reeleição de Dilma é prioridade, mas o PT pode abrir mão de candidaturas nos estados em favor do PMDB

0 comentários



Eunício Oliveira conta com articulação nacional para ter
apoio do PT, caso seja candidato no Ceará
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o PT deve ter a reeleição de Dilma Rousseff como prioridade em 2014 e, por isso, o partido pode abrir mão de candidaturas a governador para apoiar chapas do PMDB - principal aliado dos petistas no Governo Federal.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, Lula afirmou que o partido deverá fazer concessões a outras siglas para garantir uma aliança forte para Dilma. “Nós temos que ter sempre como prioridade o projeto nacional. Ou seja: a primeira coisa é a eleição da Dilma. Não podemos truncar nossa aliança com o PMDB”, disse Lula.

A estratégia pode ter reflexos no Ceará, onde o presidente estadual peemedebista, o senador Eunício Oliveira, é possível candidato ao Governo do Estado. A eventual candidatura ameaça a base do governador Cid Gomes (PSB), que tem PT e PMDB como principais aliados. Os acordos dependem dos rumos de Eduardo Campos (PSB), que estuda entrar na disputa presidencial. Se Campos abrir mão do projeto, o PT pode ter de apoiar candidatos do PSB em alguns estados. O Ceará pode ser um deles.

Lula deu sinais, todavia, de que o PT deve manter candidaturas em estados onde o PMDB também tem projetos eleitorais, como Rio de Janeiro e São Paulo. No Ceará, por outro lado, não há perspectiva de candidato próprio do PT.

No Rio, Lula afirmou que o senador Lindbergh Farias (PT) “pode ser candidato sem causar problema” à aliança nacional com o PMDB - que deve lançar o vice-governador Luiz Fernando Pezão. “Acho que o Rio vai ter três ou quatro candidaturas e ele (Lindbergh), certamente, vai ser uma candidatura forte”.

Em São Paulo, onde o PMDB trabalha com os nomes de Paulo Skaf e Gabriel Chalita, o ex-presidente disse que o PT só apoiará seu aliado se o partido “tiver um candidato palatável”. Skaf teve 4,6% dos votos quando disputou o governo estadual em 2010, pelo PSB, e Chalita responde a 11 inquéritos no Ministério Público por denúncias de corrupção. “Nunca tivemos tanta chance de ganhar a eleição em São Paulo como agora”, disse Lula.

Com informações do O Povo
Continue Lendo...

3/29/2013

Mais Educação: Prazo de recadastramento para as 32 mil escolas é 30 de abril

0 comentários



As 32 mil escolas que participam do Programa Mais Educação têm prazo até 30 de abril para realizar o recadastramento via internet na página do Sistema de Informações Integradas de Planejamento, Orçamento e Finanças (Simec) do Ministério da Educação. Sem o novo cadastramento, as escolas deixarão de receber recursos financeiros e material didático de apoio para a educação integral, que amplia a jornada escolar para 35 horas semanais.

“Esse recadastramento é importante para que não haja em 2013 descontinuidade das ações que vêm sendo realizadas por meio do programa”, explicou Jaqueline Moll, diretora de currículos e educação integral do MEC. Ela informou que o Mais Educação traz novidades para este ano letivo. Os macrocampos de atividades de cultura, lazer e de esporte foram agrupados em um eixo comum, chamado de orientação de estudos e de leitura.

O que se espera é que um estudante universitário, preferencialmente de um curso de pedagogia, atue como monitor para acompanhar os alunos do Mais Educação. “Um acompanhamento pedagógico orientado, em que haja diálogo entre professores e esses meninos e meninas que têm mais tempo na escola”, esclareceu Jaqueline Moll. “Terminadas as quatro horas habituais de aulas, é preciso ter um tempo a mais para retomar operações matemáticas que exigem um tempo maior de aprendizagem, assim como as atividades de leitura, principalmente no ciclo de alfabetização", ressalta.

O Mais Educação teve início em 2008, com a adesão de 1.380 escolas públicas. Atualmente já está presente em 32 mil unidades de ensino, incluindo quase 10 mil escolas do campo. O programa garante aos estudantes do primeiro ao nono ano das escolas públicas a participação em atividades orientadas no contraturno, inclusive com acompanhamento pedagógico.

As novas escolas, pré-selecionadas pelo MEC para aderir ao Mais Escola, têm até 31 de março para fazer o cadastramento na página do Simec. A meta é chegar até o final deste ano com 45 mil escolas públicas, situadas em regiões de vulnerabilidade social, participando do Mais Educação.

Com informações da Assessoria de Comunicação do MEC
Continue Lendo...

Unilab tem nova reitora

0 comentários



A educadora Nilma Lino Gomes vai assumir
o cargo de reitora da Unilab 
Aloizio Mercadante, ministro da Educação, nomeou os novos dirigentes da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), com sede em Redenção.

A educadora Nilma Lino Gomes vai assumir o cargo de reitora da Unilab e o economista Fernando Afonso Ferreira Junior, atual pró-reitor de Planejamento, ficará à frente da vice-reitoria.

Na próxima segunda-feira (01), ocorrerá no Ministério da Educação – MEC, em Brasília, a posse de Nilma Gomes.  No dia seguinte, a nova reitora empossará Fernando Afonso. O evento se dará no Campus da Liberdade, em Redenção.

Paulo Speller, atual reitor da Unilab, vai deixar o cargo para assumir a Secretaria da Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação.

A nova reitora

Vale destacar que Nilma Gomes possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1988), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1994), doutorado em Ciências Sociais (Antropologia Social) pela Universidade de São Paulo (2002) e pós-doutorado em Sociologia pela Universidade de Coimbra – Portugal (2006). Atualmente é professora associada do Departamento de Administração Escolar da Universidade Federal de Minas Gerais, Bolsista de Produtividade/CNPq, coordenadora-geral do Programa Ações Afirmativas na UFMG e do NERA – Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Ações Afirmativas.  É conselheria do Conselho Nacional do Educação, onde integra a Câmara de Educação Básica. Tem experiência na área de Educação e Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: organização escolar, formação de professores para a diversidade étnico-racial, movimentos sociais e educação, relações raciais, diversidade cultural e gênero.

Continue Lendo...

Pano que teria envolvido Jesus Cristo depois da crucificação é falso ou verdadeiro

0 comentários



Pano que teria envolvido Jesus Cristo depois da crucificação
é falso ou verdadeiro?
Na edição do ano passado do Fantástico foi reaberta uma discussão sobre um dos principais pilares que fazem com que os cristãos, em especial os católicos, continuem sustentando a sua crença em um dos principais líderes religiosos, Jesus.

Um pesquisador especializado em história da arte mergulha em uma grande investigação e reabre a discussão sobre um dos maiores mistérios da Igreja Católica. Afinal, o Santo Sudário, a peça de pano que teria envolvido o corpo de Jesus Cristo depois da crucificação, é falso ou verdadeiro?

Segundo a tradição, no domingo, que é domingo de Ramos e marca o início da Semana Santa, é lembrado o dia em que Jesus entrou em Jerusalém para passar pela paixão, morte e ressurreição.

A Basílica do Santo Sepulcro não é um templo convencional. Lá dentro, a gente encontra dezenas de construções, capelas e altares, há pouco espaço e pouca luz. E muita gente se pergunta, como é possível que nesse lugar relativamente pequeno tenha existido uma colina, um jardim e um cemitério, como é descrito na Bíblia o lugar onde Jesus teria sido crucificado e enterrado logo depois.

Ao lado da porta de entrada, tem uma escada. Ela nos leva até o gólgota, uma colina que ficava cinco, seis metros mais acima, hoje encoberta pelas edificações do templo. Esse aqui é o lugar onde, para a maioria dos cristãos, Jesus foi pregado na cruz. Todos os dias, milhares de fieis sobem 19 degraus para conhecer o maior símbolo da fé.

“É muito difícil descrever a emoção que a gente sente. Só vindo aqui para sentir”, observa a corretora de seguros Iedna Maria de Albuquerque Silva.
Ortodoxos gregos, armênios, católicos franciscanos, sírios e etíopes cada um tem o seu pedaço da Basílica.

Os franciscanos entram no sepulcro. E a nossa câmera acompanha o momento em que eles rezam em silêncio sobre a pedra de mármore, onde Jesus teria sido sepultado. Segundo as escrituras, aqui Jesus venceu a morte no terceiro dia. A presença constante dos fiéis nesse lugar remonta aos primeiros anos da era cristã, mas a sepultura já foi destruída completamente. E, segundo os historiadores, não é possível saber se existe aqui algum pedaço de pedra original dos tempos de Jesus.

Seria esse o lugar a ressurreição de Cristo? A menos de um quilômetro dali, saindo da cidade velha pela porta de Damasco, e entrando no lado oriental de Jerusalém, chegamos ao lugar que também recebe milhares de turistas. É o Jardim da Tumba. Alguns indícios levaram estudiosos a acreditar que Cristo pode ter sido crucificado perto dessa colina, que lembra a imagem de uma caveira.

Há muitos detalhes que alimentam essa polêmica sobre a localização exata do túmulo de Jesus. Mas nada é mais importante para os cristãos do que o que está escrito nessa placa. Ele não está mais aqui. Porque ele ressuscitou.

Os evangelhos contam que no terceiro dia depois da morte de Jesus, Pedro e outro apóstolo entraram na tumba e viram jogado no chão o lençol que teria envolvido o corpo de Cristo. Seria o Santo Sudário, descoberto na Idade Média, muito depois da crucificação.

Quem defende a autenticidade do Sudário destaca, por exemplo, que a marca dos pregos está nos pulsos, e não nas mãos, como aparece nas pinturas. Se Cristo tivesse sido pregado pelas mãos, elas não aguentariam o peso do corpo e se rasgariam. Outro sinal, seria o ferimento provocado pela lança de um soldado romano, que é mencionado na Bíblia. E na cabeça, estão as marcas da coroa de espinhos, com sangue escorrendo. Um livro que está sendo lançado agora traz de volta essa grande polêmica.

Ciência e fé jamais concordaram. De acordo com os evangelhos, foi Pedro - acompanhado de outro discípulo - que encontrou o Sudário dentro do túmulo em que Jesus havia sido sepultado. Para os crentes, uma prova da ressurreição. Para os céticos, um indício de fraude.

O historiador de arte, Thomas Wesselow, que mora em Cambridge, na Inglaterra, decidiu investigar as supostas provas e os inúmeros argumentos de quem acredita e de quem nega a autenticidade do Sudário. O resultado da pesquisa que durou sete anos foi um livro de quase 500 páginas.

“Tento explicar que ele é a origem da crença na ressurreição de Cristo. E foi essa crença que deu início ao cristianismo. Eu explico no livro que o nascimento da religião cristã vem da percepção de um milagre. E atribuo essa crença ao extraordinário descobrimento de uma imagem na roupa mortuária de Jesus”, responde Wesselow.

O autor não arrisca dizer que o Sudário é prova cabal da ressurreição. Segundo ele, comprovar ou desmentir que Jesus ressuscitou não foi seu objetivo.

“Fiz questão de mostrar apenas que o Sudário foi a semente da fé. É crucial entender que naquele tempo as pessoas viam imagens como algo místico. Principalmente as imagens naturais, como sombras e reflexos. E o Sudário, por conter uma imagem, foi percebido como uma cópia viva de Jesus”.

Para os céticos, o pano teria sido forjado. Uma pintura barata, mal feita, de um suposto homem ensanguentado. Uma enganação.

Mas, no fim do século 19, ao fazer uma foto do Sudário, o fotógrafo Secondo Pia notou que a imagem aparecia em negativo. Dava para ver, principalmente o rosto, em alto relevo, de forma tri-dimensional. Mais tarde foi possível também constatar que as manchas no pano eram mesmo de sangue. A descoberta causou um rebuliço na Igreja e também na ciência.

O escritor do novo livro sobre o Sudário observa que ninguém costumava pintar com sangue na Idade Média, época em que o Sudário teria surgido. Mas, para ele, a principal prova da autenticidade do Sudário são os grão de pólen encontrados na trama do tecido: eram de plantas da região do Mar Morto. Além disso, foi detectado mofo que coincide com o encontrado ao redor de Jerusalém.

Novamente os céticos apresentaram explicações. Tanto o pólen quanto o mofo poderiam ter sido trazidos por pessoas que estiveram na Terra Santa e que depois manusearam o Sudário.

Para tentar acabar com a polêmica, em 1988, quando a igreja finalmente permitiu que fossem feitos testes de carbono 14, que permitem apontar a idade de qualquer material de origem orgânica.

Os testes foram feitos em universidades de Zurique, na Suíça, de Oxford, na Inglaterra, e do Arizona, nos Estados Unidos. Pedaços do tecido - que aliás coincide com a tecelagem típica do Oriente Médio no primeiro século da Era Cristã - foram recortados para a análise. E os três laboratórios concluíram que o Sudário é um artefato medieval.

Teria sido confeccionado entre 1260 e 1390. A partir desse resultado, a Igreja passou a exibir o Sudário apenas como relíquia histórica.

Os defensores do Sudário dizem que o teste de carbono 14 pode ter falhado, porque a amostra examinada pelos cientistas teria sido um remendo feito no Sudário na Idade Média, depois que ele escapou a um incêndio. Na Itália, onde o Sudário está guardado, a repórter Ilze Scamparini também investiga o mistério dessa relíquia.

O lençol de linho, de mais quatro metros de comprimento, com a imagem de um corpo e de um rosto, que chegou à Itália há mais de 400 anos. É de propriedade da Santa Sé e fica guardado na catedral de Turim, no norte do país.

O Santo Sudário está estendido em um altar, dentro de uma longa caixa lacrada que só pode ser aberta pelo arcebispo de Turim, com a autorização do Vaticano. Dois papas já visitaram esta capela. Em 1980, João Paulo II beijou o lençol de linho que os católicos consideram uma relíquia. Em 2010, na última vez em que o Sudário foi exposto ao público, Bento XVI também esteve aqui, junto com dois milhões de fiéis.

O que ainda ajuda a alimentar o mistério é que até hoje ninguém conseguiu fazer uma reprodução exata da imagem. Os melhores resultados foram obtidos na Universidade de Pavia.

O químico Luigi Garlaschelli usou pigmentos naturais para tentar imitar as marcas impressas no pano. Pintou o corpo de um voluntário e o envolveu no lençol.

"Acho que o Sudário foi feito na metade de 1300, por um artista. reproduzindo esse procedimento, com um envelhecimento acelerado, obtivemos todas as características misteriosas do Sudário", diz ele.

O diretor do centro que coordena as pesquisas mundiais obre o Sudário, Bruno Barberis, reconhece que essa pesquisa foi bem feita. Mas afirma que, no Sudário de Turim, não há presença de óxido de ferro, o pigmento usado na experiência.

"O Sudário é moderno porque fala através de uma imagem. Pode ser um objeto importante para o homem de hoje. Que pode ver uma imagem que o ajuda a compreender o que o evangelho conta."
É possível que futuramente, novos testes possam ser feitos, mas não se sabe nem quando será exposto novamente. Verdadeiro ou falso, para a Igreja o lençol de linho è uma riqueza que pode ser exibida a qualquer momento.

Atualmente a cultura que se sustenta é milhões de pessoas sentando no sofá, em cadeira e no chão para ficar em frente a tv para assistir os repetitivos filmes contando a trajetória do personagem histórico Jesus. A mídia o mitifica e a sociedade (na sua grande maioria) reproduz esse mito. Não há senso crítico. As pessoas ainda não perceberam que elas ao sentarem frente a tv as programadas são elas e, assim os dogmas continuam se alimentando, ou melhor, as pessoas continuam o alimentando. (grifo meu)

Continue Lendo...

3/28/2013

Proposta tucana que enterra o Estado Laico no Brasil pode ser aprovada na Câmara

0 comentários



O texto que enterra o Estado Laico no Brasil é de autoria
do deputado tucano de Goiás, João Campos
Se é que existe a laicidade no Brasil, onde, pelo menos teoricamente, a religião não interfere no Estado, ela está para ter seu fim. Isso porque na manhã de ontem, quarta-feira (27), a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou a Proposta de Emenda à Constituição 99/11, do deputado João Campos (PSDB-GO).

A proposta inclui as entidades religiosas de âmbito nacional entre aquelas que podem propor ação direta de inconstitucionalidade e ação declaratória de constitucionalidade ao Supremo Tribunal Federal. Ou seja, religiosos poderão questionar decisões judiciais como a legalidade da união estável para casais de mesmo sexo, aprovada no Supremo em maio de 2011.

O texto segue para ser votado em plenário e, se aprovado, segue para votação no Senado Federal. A Ementa da PEC 99/11 versa que caso o texto seja aprovado ele “Acrescenta ao art. 103, da Constituição Federal, o inciso X, que dispõe sobre a capacidade postulatória das Associações Religiosas para propor ação de inconstitucionalidade e ação declaratória de constitucionalidade de leis ou atos normativos, perante a Constituição Federal”.

Desta feita, a Câmara dos Deputados podem ajudar a enterrar de uma vez por todas o já tão fragilizado Estado Laico se for aprovado o texto de autoria do Deputado tucano de Goiás, João Campos, relatado acima que permite aos religiosos interferirem nas leis do Brasil.

Com informações complementares do pragmatismo político


Continue Lendo...

Cagece publica edital de concurso com alterações e reabre inscrições

1 comentários



Sede da Cagece
As inscrições do concurso da Cagece, cujo início havia sido adiado, já têm data para ser reiniciado: agora vai de 11 de abril a 7 de maio.

São 315 vagas, com oportunidades para nível médio/técnico e superior em diversos cargos, sendo 65 vagas de nível superior e 250 de nível técnico. O certame também irá formar cadastro de reserva.

A remuneração varia de R$ 3.706,86 a R$ 4.308,97 para os cargos que exigem nível superior, e R$1946,49 a R$ 2.189,63 para nível técnico.

Confira as áreas e os cargos ofertados:

Nível superior
Cargo: Advogado (8 vagas)
Formação: Direito

Cargo: Analista de gestão (19 vagas)
Formação: Administração/Economia, Ciências Contábeis, Jornalismo/Publicidade, Psicologia/Pedagogia/ Outras Graduações com Especialização em RH, Biblioteconomia, Estatística, Informática, Geografia.

Cargo: Analista Químico (9 vagas)
Formação: Química.

Cargo: Arquiteto (1 vaga)
Formação: Arquitetura.

Cargo: Biólogo (2 vagas)
Formação: Biologia

Cargo: Engenheiro (25 vagas)
Formação: Engenharia Civil/Sanitária, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica, Engenharia com Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, Engenharia de Produção.

Cargo: Médico do trabalho (1 vaga)
Formação: Medicina com Especialização em Medicina do Trabalho

Cargo: Tecnólogo (10 vagas)
Formação: Tecnólogo em Eletromecânica, Tecnólogo em Saneamento.

Nível médio
Cargo: Técnico administrativo operacional
Formação: Técnico em Segurança do Trabalho
Técnico em Química
Técnico em Enfermagem
Técnico em Edificações ou Construção Civil
Técnico em Eletromecânica
Técnico em Eletrônica
Técnico em Mecatrônica/Automação Industrial
Técnico em Eletrotécnica
Técnico em Contabilidade
Técnico em Saneamento

Inscrições

As inscrições serão realizadas no prazo de 11 de abril a 7 de maio, por meio do site da Funcab ou no posto de atendimento localizado na EMEIF Deputado José Dias de Macedo, no bairro Meireles, na Capital.

A taxa de inscrição será de R$ 58 para cargos de nível médio/técnico e R$ 84 para nível superior.

Seleção

A seleção ocorrerá através de prova objetiva, realizada no dia 14 de abril de 2013, que contemplará assuntos de Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico Matemático, Informática Básica, Conhecimentos Específicos.

Para candidatos a cargos de nível superior, haverá ainda prova de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva será aplicada nos municípios de Crateús, Fortaleza, Juazeiro do
Norte, Limoeiro do Norte e Sobral. O candidato deverá optar pelo local de realização da prova objetiva no ato de sua inscrição.


Com informações do O Povo


Continue Lendo...

Seduc de Altaneira divulga informações sobre calendário de pagamento dos servidores

1 comentários



Deza Soares, Secretário Municipal da Educação de Altaneira
A Secretaria da Educação do Município de Altaneira informou na tarde desta quarta-feira, 27, aos servidores da pasta que seus vencimentos já haviam sido liberados.

De acordo com o Secretário da Educação, Deza Soares, essa medida faz parte de uma das políticas que está sendo concretizada. “Todos os servidores desta pasta passarão a receber seus vencimentos dentro do mês”, afirmou.

Tão logo foi anunciada a medida, alguns servidores já se pronunciavam sobre. O professor Antonio Nonato parabenizou o gestor municipal, Delvamberto Soares (PSB).  Para Nonato, “todos ganham com esta nova tabela de pagamento! Os servidores e o comercio também. Dinheiro movimentando o comércio local durante o mês todo”, argumentou.

O tesoureiro do município, Alan Cirino frisou que os servidores lotados nas demais secretarias estarão recebendo seus pagamentos no dia 10 de abril referente ao mês de março e que no próximo mês a Secretaria de Finanças estará divulgando o Calendário de pagamento para o ano corrente.




Continue Lendo...

3/27/2013

Seduc Ce divulga informações sobre rateio do saldo Fundeb 2012

0 comentários



A Secretaria da Educação do Estado do Ceará – SEDUC-CE informou que será pago aos professores efetivos ativos e professores contratados por Tempo Determinado no ano de 2012, na folha de pagamento do mês de março/2013, o rateio referente ao Saldo Fundeb 2012.

Vale ressaltar que o rateio foi calculado de forma proporcional à jornada de trabalho, ao número de meses trabalhados no ano letivo de 2012 e à remuneração recebida nos meses trabalhados.

Veja os:
Continue Lendo...

3/26/2013

PSC mantém apoio a pastor acusado de homofobia e racismo

1 comentários



O deputado Marcos Feliciano.
Foto - Agência Brasil
Apesar da pressão de movimentos socais pedindo a renúncia do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, o PSC manteve o apoio ao parlamentar acusado de homofobia e racismo.

Em nota, o vice-presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, disse que, se for preciso, convocará “100, 200, 300, 500 ou mais manifestantes” para defender Marco Feliciano. Na nota, o partido cobrou solidariedade do PT e do governo Dilma Rousseff, já que o PSC faz parte da base do governo.

“Respeitosamente, quero pedir que as lideranças dos partidos nesta Casa respeitem a indicação do PSC e peçam a seus militantes que protestem de maneira respeitosa. Não fazemos ameaças, mas se fosse preciso convocar 100, 200, 300, 500 ou mais militantes que pensam como nós, também convocaríamos, mas o PSC é pela paz e harmonia. Queremos o entendimento”, diz trecho da nota do PSC lida pelo pastor Everaldo Pereira depois da reunião da bancada do partido na Câmara.

No documento, o partido faz referência a condenação de petistas na Ação Penal 470, o chamado mensalão, e acrescenta que Marco Feliciano é um deputado ficha limpa. “Se ele tivesse sido condenado pelo Supremo [Tribunal Federal] nem indicado seria. Feliciano é um deputado ficha limpa, tendo, então, todas as prerrogativas para estar na presidência da Comissão de Direitos Humanos”, pontuou o PSC.

O partido lembrou o apoio dado ao ex-presidente Lula e à presidenta Dilma Rousseff. “Apoiamos o seu governo [Lula] e estivemos juntos na reeleição, em 2006. Veio 2010 e o PSC apoiou Dilma”, lembrou o partido. O vice-presidente do PSC fez referência à indicação da ministra da Secretaria de Política para as Mulheres, Eleonora Menicucci, que o partido rejeitou.

“A senhora Eleonora Menicucci defende o aborto. Nós protestamos, mas não fomos xingar a ministra. Protestamos porque temos o direito de expor nossa opinião, mas respeitosamente”, disse o PSC em relação aos protestos contra Feliciano. “O PSC defende a vida, a família e os direitos humanos de todos, inclusivedas minorias”.


Com informações do Carta Capital
Continue Lendo...