31 janeiro 2013

Fortalecimento da agricultura familiar é debatido por secretários e o CAE em Altaneira

0 comentários




ORGANIZAÇÃO DOS AGRICULTORES E
FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR
FORAM OS PRINCIPAIS TEMAS DE DISCUSSÃO


   

Os secretários de Educação e de Agricultura e Meio Ambiente do Município de Altaneira, Deza Soares e Ceza Cristóvão, respectivamente, participaram na tarde desta quinta-feira, 31, na sede da Secretaria de Educação, de uma reunião com o Conselho de Alimentação Escolar – CAE.

Dentre os assuntos abordados destaque para a ativação do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE, a importância e participação efetiva do conselho, principalmente no que toca a fiscalização, assim como também  o fortalecimento da agricultura familiar no município.

O Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Ceza Cristovão chamou a atenção para a necessidade da organização e mobilização dos agricultores, haja vista que por meio destas há benefícios para ambas as partes, tanto para quem produz e vende quanto para quem os adquire, gerando um ciclo alimentício com excelentes resultados.  Para quem adquire esses produtos, o resultado desse avanço é, não sem razão,  mais qualidade da alimentação a ser servida, manutenção e apropriação de hábitos alimentares saudáveis e maior desenvolvimento local de forma sustentável, gerando ainda emprego e renda as famílias.

O titular da Secretaria Municipal de Educação (SME), Deza Soares, lembrou que é preciso que se tenha planejamento nesse processo. Frisou ainda que urge a necessidade de se ter um consenso em relação aos preços para que não ocorram os problemas de outrora, com por exemplo, a falta de pagamento aos agricultores. “Se faz necessário que os agricultores recebam em dia", completou o Secretário.

Os municípios podem adquirir até 30% da merenda escolar oriundos de agricultores familiares e empreendedores familiares rurais constituídos em cooperativas e associações.

Na reunião ficou acordado que a SME irá o mais rápido possível apresentar uma proposta de preço dos produtos alimentícios e tão logo haverá uma reunião com todos os agricultores.

Participaram também deste encontro o professor José Evantuil, presidente do CAE, além da grande maioria dos conselheiros.




Continue Lendo...

30 janeiro 2013

Deputado Carlomano Marques tem mandato anulado

0 comentários




DEPUTADO CARLOMANO MARQUES (PMDB)

O juiz Raimundo Nonato da Silva Santos, do Tribunal Regional Eleitoral, julgou improcedente o Embargo de Declaração do deputado Carlomano Marques (PMDB) e, logo em seguida, suspendeu os efeitos da liminar, por ele mesmo concedida, no último dia 10 de janeiro, garantindo o mandato do deputado até a decisão do  recurso que ele havia impetrado.

Carlomano Marques perdeu o mandato, por decisão do Tribunal Regional Eleitoral, pelo fato de ter sido beneficiado, segundo denúncia do Ministério Público, pela concessão de atestados e consultas médicas dados por sua irmã, a vereadora Magaly Marques, em plena campanha eleitoral de 2010, em troca de votos.

Com a nova decisão judicial, o Tribunal Regional Eleitoral vai comunicar à Assembleia Legislativa a cassação do mandato do deputado a fim de que o Legislativo estadual declare vago o seu cargo e convoque o primeiro suplente. O deputado, contudo, ainda poderá recorrer da decisão para o Tribunal Superior Eleitoral.

Créditos: Diário do Nordeste
Continue Lendo...

Ministra da Cultura se posiciona sobre preservação do museu do índio

0 comentários




ALDEIA MARACANÃ

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, conversou com o governador em exercício do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, para manifestar a posição do Ministério da Cultura (MinC) a favor da preservação da Aldeia Maracanã, antigo Museu do Índio, prédio datado de 1862, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro.

A ministra disse que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan/MinC) já recomendou ao estado o tombamento do imóvel.

“O Brasil é um país que respeita e valoriza a diversidade. Cada vez mais isto é reconhecido no mundo. Esperamos que prevaleçam o interesse na preservação do patrimônio material e imaterial e a sensibilidade do governo do estado”, afirmou a ministra. No último dia 18, os índios receberam ordem de despejo com um prazo de até 10 dias para deixar o prédio histórico.

MARTA SUPLICY - MINISTRA DA CULTURA

O pronunciamento da ministra da Cultura chega num momento em que vários artistas de peso se manifestam a favor da preservação do local, ameaçado de demolição pelos governos do Estado e município, que pretendem construir um estacionamento para a Copa do Mundo de 2014.

Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Letícia Sabatella e Teresa Seiblitz também já declararam abertamente apoio à causa. Em artigo no O Globo, Caetano criticou a "vulgaridade que ronda a atual administração estadual". Já Chico Buarque atacou a decisão do poder público, que também atinge o Estádio Célio de Barros, o Parque Júlio Delamare e a Escola Municipal Friedenreich. Milton Nascimento afirma ser "totalmente contra" a ideia de demolir o prédio histórico para a construção de obras de mobilidade urbana visando a Copa. Segundo Milton, muito pouco se faz neste país para preservar a memória dos índios.

Informações complementares:

Continue Lendo...

29 janeiro 2013

Definidas algumas atrações para a IV edição do Cariri Cangaço 2013

0 comentários





O projeto para a quarta edição do Cariri Cangaço está aos poucos sendo construída.  O município de Barro, uma das revelações da terceira edição já confirmou presença e será um dos principais anfitriões do evento deste ano que ocorrerá entre os dias 17 e 22 de setembro.

Cenário dos mais importantes dentro da história do cangaço, sobretudo no que diz respeito ao inicio dos bandos cangaceiros de Sinhô Pereira e Virgulino Ferreira, Barro é o berço de uma das mais emblemáticas personalidades de toda essa Saga: Major José Inácio do Barro.


Para Manoel Severo, curador do Cariri Cangaço "é impossível pensar em cangaço em nossa região e não ter o município de Barro entre os principais protagonistas desta história tão marcante para todo o nordeste. aqui em Barro temos o berço do bando de Sinhô Pereira, foi aqui em Barro que se ensaiou o primeiro bando de Lampião, foi aqui em Barro que fez história o Major José Inácio; então, trazer novamente o Cariri Cangaço até essas terras é motivo de muita alegria e a certeza de satisfação garantida a todos os pesquisadores, historiadores e escritores que vierem ao evento a partir do dia 17 de setembro".

Mais informações clique aqui
Continue Lendo...

PSDB em queda livre

0 comentários




Imagem ilustrativa

Os tucanos contabilizam mais uma baixa no cenário político que começa a ser desenhado para a disputa pela presidência da República em 2014. O atual vice-governador de São Paulo, Afif Domingos (PSD), está se distanciando do PSDB e vai assumir o Ministério da  Pequena e Média Empresa do governo Dilma Rousseff. O ministério será criado para abrigar o PSD do ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

A criação da pasta, que será a 39ª da Esplanada, ainda precisa ser aprovada no Senado, onde a presidente tem ampla maioria. Depois que isso ocorrer, ela deve anunciar seu futuro ocupante.  Segundo Afif, rival histórico do PT, o Palácio do Planalto informou que o impasse deve acabar em abril ou maio.

O convite para o PSD integrar o Governo Federal faz parte da estratégia de ampliar o número de aliados e faciliar a caminhada da presidente Dilma Rousseff à reeleição. O PSD - criado em 2011, tem atualmente 49 deputados federais. Com Afif no Governo Federal, o governador Geraldo Alkmim perde mais um aliado.

Afif que, em 1989, concorreu ao cargo de presidente da República pelo PL, dá como certa a criação do novo ministério e o apoio do PSD a Dilma. "Este ministério não está sendo criado para o PSD. Foi uma promessa de campanha da presidente. Mas em 2014 o PSD estará com a Dilma. Ponto", avisou.

#Título original: Tucanos sofrem baixa com Afif no Ministério de Dilma

Informações complementares: Cearaagora
Continue Lendo...

28 janeiro 2013

Ganhando com a dor e o sofrimento alheio

0 comentários




E o respeito ficou em que lugar mesmo?

O incêndio ocorrido na boate de Santa Maria (RS) foi, sem dúvida, uma das piores tragédias que abalou o Brasil e vem ganhando contornos dramáticos pela mídia golpista e sensacionalista.

De forma oficial, não foi apontado ainda os responsáveis pelo segundo maior incêndio do Brasil. Toda via, já veio a público diversos atos falhos e que só demonstra que os espaços públicos ainda não estão obedecendo ao mínimo de critério para seu bom funcionamento e se não bastasse isso, demostram ainda o desrespeito para com os contratos sociais, a saber: o número exagerado de pessoas na boate, alvará com validade vencida,  o não funcionamento dos extintores, funcionários despreparados que chegaram a barrar quem tentava se salvar; a falta de uma saída de emergência; a imprudência da banda ao acender um sinalizador, etc.

Nessa hora, não faltam culpados para o incêndio. O jogo do aponta já começou e, parece que está longe do fim. Seria dos integrantes da banda? Seria talvez do poder público que permite o funcionamento de um espaço sem está na legalidade? Mas o que seria legalidade nesse caso, ou melhor, quem está mais ilegal, os proprietários do espaço ou a administração pública? Afinal, ser conivente com o erro também é ilegal, imoral. Talvez da própria justiça que é falha, pois não opera como deveria, exigindo e fiscalizando as reais condições de funcionamento dos espaços?

Encontrar os culpados é o mínimo a ser feito. Puni-los ajuda as famílias a perceber que a justiça funciona, mesmo que com falhas e com demoras. 

A cobertura da mídia é importante, mas o sensacionalismo é grosseiro demais, pavoroso ao extremo e só faz alimentar uma dor que já irreparável. Essa mídia que se não bastasse o golpismo ainda se alimenta do sofrimento de diversas famílias para ganhar mais e mais com o sensacionalismo caro. Caro porque se aproveitam de tragédias como essa para se engrandecerem e faturarem com a dor dos familiares. O custo das audiências não pode jamais ser pago com o desespero, chateação, dor e sofrimento alheio.  Quando será que a grande mídia irá aprender que não se brinca quando o assunto é sério. 
Continue Lendo...

27 janeiro 2013

IV Caminhada contra a intolerância religiosa realizada em Juazeiro do Norte em fotos

1 comentários


O Município de Juazeiro do Norte, localizado na região metropolitana do Cariri, sul do Estado do Ceará, foi palco de um importante evento na última segunda-feira, 21, a IV Caminhada Contra a Intolerância Religiosa.

O Fato teve grande repercussão nas redes sociais e chamou a atenção principalmente quando foi divulgada a atitude repugnante de um dos representantes da ordem religiosa católica e da polícia militar, o capitão capelar Victor Hugo que mostrou o dedo médio e ameaçou os integrantes do evento. 


Essa atitude intolerante e medieval do Victor Hugo rendeu a construção de artigos em vários portais de comunicação com críticas contundentes.

Confira as #fotos: 


















#Fotos recolhida do perfil da Karla Alves na rede social facebook e do Blogão do Garcia 

Continue Lendo...

O abraço pode não ser nada legal

0 comentários




Quadro com imagem de Jesus no plenário da Câmara
de Altaneira. Foto: João Alves

A grande maioria das pessoas não segue uma religião específica. Outra parte, também não muito pequena, se diz católica não praticante, o que na prática não muda muito o cenário. Toda via, uma minoria frequenta igrejas e templos de denominações neopentecostais, cujo ensino da Bíblia é feito sem o mínimo de reflexão e, ou, sem o menor questionamento. 

Um Padre leva anos até concluir o seminário e ser ordenado. Pastores de outras denominações passam um bom tempo estudando e interpretando a Bíblia. Para essas novas denominações que além de templos gigantescos possuem rede de Rádio e de TV, para ser pastor basta conhecer a Bíblia e pregá-la, ou seja, decorar e ajudar a memorizar. Mas o que isso tem a ver com política?

Não é fácil convencer o eleitor. O ex-presidente Lula (PT) participou de três eleições nacionais antes de se tornar Presidente da República vindo a vencer na quarta tentativa. E para tanto, mudou o discurso. Mas só mudar o discurso não foi suficiente. Assim, a forma de se representar diante do eleitorado também passou por transformações. Seu maior adversário, agora não tanto assim, o José Serra, também vem mudando a forma como se apresenta para o eleitor, mas não consegue alavancar.  Afinal, só muda o que tem para mudar. E o Serra....

Por que então, o eleitor é tão volátil? Porque ele possui capacidade de questionar. Eleitores se questionam o tempo todo. Questionam o porquê de votar em um candidato em detrimento de outro. O questionamento também é a base da Ciência. Todo projeto de pesquisa começa com uma boa pergunta de pesquisa.

Aquela minoria frequentadora de templos e crentes na Bíblia cresceu, ainda sendo minoria, é uma grande minoria capaz de eleger vereadores, deputados e senadores. Não é à toa que possuem até partido político, o Partido da República – PR, que na verdade está mais para o Partido Religioso. Mas, o que essa minoria religiosa tem a ver com a política? São eleitores que não questionam, assim como fazem com a Bíblia, creem no que o Pastor lhes diz. Se o pastor é o próprio candidato, votam sem questionar. Se o pastor apresenta outro candidato, fazem o mesmo. Ou seja, são uma grande minoria do eleitorado que é de fácil convencimento. Facilita até a contabilidade da corrupção. Em vez de pagar a cada cabeça, o dinheiro pode ir direto para o pastor, considerando o número de fieis, evidentemente.

O Brasil não é um país católico. Uma maioria não é capaz de falar pela minoria. O Brasil é um país de católicos, protestantes, espíritas, ubandistas, judeus, mulçumanos, budistas, zoroastristas, ateus, agnósticos, deístas, a lista não para. Querer impor valores católicos ou protestantes a todos esses grupos é agir com tirania. Todos esses subgrupos possuem valores comuns e são esses valores que devem prevalecer. O espaço público e as leis são para todos. Governar com valores cristãos é imprimir aos não cristãos uma cultura estranha. Um governo laico não impõe nada contrário ao que esses grupos acreditam. O governo laico ao realizar o aborto não obriga que a cristã aborte, tão somente dá a opção a quem não crê na Bíblia. Se o governo laico permite o casamento civil homoafetivo, o cristão ou judeu ou budista ou ateu não é obrigado a casar, tão somente os homossexuais terão o direito de fazê-lo sem que com isso fira os preceitos bíblicos.

Os efeitos da Bíblia devem ser restritos somente a quem nela crê, do contrário reproduziremos as disputas religiosas que tanto envergonharam os tempos medievais. Não há um só Deus, ou uma só verdade ou uma só conduta. Permitir que os incrédulos se comportem diferentemente da Bíblia é o primeiro passo para garantir a convivência de todos no mesmo espaço público. Da mesma forma que é assegurado ao crente andar vestido de acordo com sua crença e com a Bíblia na mão, deve ser assegurado o direito aos incrédulos de se comportarem de acordo com o que acreditam e a Lei permita.

Apesar do Brasil não ser um país católico, mas um território de maioria católica imprime vergonhosamente uma cultura do indesejável, um costume intolerável onde os espaços destinados a abraçar as causas de todos, acaba abraçando apenas as causas de um gueto.  Não se pode esquecer das Câmaras Municipais, das Assembleias Legislativas e de tantos outros espaços onde aparecem fixados  quadros com imagens de Jesus. Isso fere brutalmente o que foi conquistado com muita luta e colocado na constituição, a laicidade.  Mas não é de estranhar o abraço entre Religião e Política. Deve-se estranhar é o silêncio dos oprimidos. 

Leia também
Continue Lendo...

26 janeiro 2013

Em 12 das 26 capitais do Brasil os salários dos prefeitos aumentam

0 comentários




IMAGEM ILUSTRATIVA

Os salários de 12 dos 26 gestores de capitais aumentaram este ano.  O maior reajuste em relação ao ano passado foi registrado em Salvador (BA), onde o prefeito ACM Neto (DEM) recebe R$ 18.038,10, valor 73,4% superior ao salário de R$ 10.400 em 2012.

As outras capitais que aumentaram os salários foram Florianópolis (52,3%), Natal (42,8%), Aracaju (40,3%), Campo Grande (36%), Teresina (27,9%), Porto Velho (27,1%), Vitória (24,6%), Belo Horizonte (22,8%), João Pessoa (22,2%), Macapá (13,2%) e Belém (12,7%).

A assessoria do prefeito da Bahia frisou que, apesar do aumento, aprovado ano passado, ele ainda tem um dos menores salários do país.

Vale ressaltar que o maior valor bruto é de R$ 26.723,13, recebido em Curitiba (PR) por Gustavo Fruet (PDT), igual ao teto nacional dos servidores, que tem como referência o salário dos ministros do Supremo. Em seguida estão os de Edivaldo Holanda Júnior (PTC), de São Luís, que recebe R$ 25 mil, e de Fernando Haddad (PT), de São Paulo, que ganha R$ 24.117,62. O menor, de R$ 13.964,94, pago no Rio ao prefeito Eduardo Paes (PMDB).
Continue Lendo...

Na vida tudo tem um por que

0 comentários




Na imagem não aparece o SBT, mas ele também está
incluso nesta  lista repugnante

A jornalista e apresentadora do SBT Brasil, Rachel Sheherazade, veiculado de segunda a sexta no canal que leva o nome do programa teceu duras críticas à redução nas tarifas de energia anunciadas pela presidenta Dilma Rousseff esta semana.

Para ela não há motivos para comemorações, uma vez que não houve renúncia fiscal da união o que faz com que não se tenha nenhum imposto a menos.  Ainda de acordo com Raquel essa medida anunciada não passa de uma estratégia do governo federal, pois os custos oriundos da redução quem pagará é o Tesouro Nacional.  Assim, o dinheiro sairá do bolso do consumidor.

Parece que a Rachel já está se acostumando a fazer dos jornais uma ferramenta de fato, importante. Afinal, é raro, ouvir e, nesse caso, assistir um jornal que seja crítico reflexivo.  A renovação nos quadros midiáticos é necessária e urgente. A sociedade clama por isso.

No entanto, a Rachel esquece que ser crítica e reflexiva é não tomar partido de uma classe política oposicionista que, diga-se de passagem, já está com o pé na cova. Não é tampouco querer manobrar e fazer os ouvintes de besta com esse discurso falseador e conveniente. 

Esquece ela que está sendo assistida por milhões de brasileiros e é para eles que deve se voltar, ou seja, com discursos claros, sem está vinculado a grupos políticos partidários e que possam fazê-los perceber que a situação do Brasil ainda não é a sonhada, que ainda somos um dos países com a maior carga tributária do planeta, mas que com a participação deles (povo) cobrando mais ações efetivas que visem diminuir as desigualdades sociais enraizada desde que este espaço se tornou nação, se pode construir um espaço mais igualitário.

Ora, não se pode fazer de um veículo de comunicação um terreiro e, ou uma extensão das administrações e, aqui, um recipiente oposicionista, simplesmente.  Ah, mais como na vida tudo tem um por que.....

Confira o vídeo da crítica da apresentadora
Veja também: Sempre foi assim 
Você pode gostar de Pente Fino




Continue Lendo...

25 janeiro 2013

Ação por demolição criminosa é arquivada

0 comentários




Na rua Aparecida, outra fachada do
imóvel antigo corre perigo. Por Erick Pinheiro




A ação de demolição criminosa contra o proprietário do casarão da avenida São Paulo, que teve a parede frontal ruída no último final de semana, foi arquivada pela Justiça, o que faz com que o dono do imóvel não sofra nenhuma punição por ter destruído o imóvel feito de taipa de pilão. 

De acordo com o promotor de Justiça curador do Patrimônio Histórico de Sorocaba, Jorge Alberto de Oliveira Marum, há cerca de 10 anos ele entrou com uma ação contra a demolição do prédio histórico, que foi julgada improcedente pela 6ª Vara Cível e pelo Tribunal de Justiça (TJ). Com isso, já que o casarão terminou de ser demolido por parte da Prefeitura, por oferecer riscos, o proprietário da área poderá se sentir livre para utilizar a área da forma que quiser.

Segundo Marum, depois que a 6ª Vara Cível julgou improcedente a sua ação que visava preservar o casarão, por ele acreditar que seria um patrimônio histórico da cidade, o promotor entrou com um recurso no TJ, que foi indeferido, fazendo com que sua ação fosse arquivada. "Então, isso significa que não conseguimos o reconhecimento da Justiça do valor histórico do prédio", constata.

Porém, ele lembra que existe um processo de tombamento, por parte do Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, sobre este imóvel, que teria sido construído há mais de 100 anos, em conjunto com outro casarão que ainda se encontra intacto na avenida São Paulo, onde mora a aposentada Acidália Ricardo, de 84 anos. De acordo com a chefe da Divisão de Patrimônio Histórico e Próprios Culturais da Secretaria de Cultura e Lazer (Secult), Sônia Nancy Paes, o tombamento definitivo ainda não foi concluído, precisando de um decreto para oficializá-lo. Mas ela revela que isso não impediria que a Prefeitura protegesse o imóvel, já que a sua avaliação como de Patrimônio Histórico encontrava-se em curso.

Uma posição da Prefeitura quanto a esse assunto complementa essas informações passadas por Sônia e pelo promotor. De acordo com o Poder Público, somente a Justiça poderia definir o que deveria ser feito com aquela área onde estava o imóvel, por a Prefeitura ser "uma instância inferior no que tange ao destino daquele prédio, ou do que restou dele". Mas, como a ação foi arquivada, então não haveria nada a ser feito nesse caso. Quanto à demolição total da estrutura do casarão, a administração municipal ressalta que irá contatar o proprietário do local para que tome "as devidas providências" quanto à garantia da manutenção correta do material, que ainda se encontra por lá. "Todas as providências cabíveis serão tomadas", complementa, em nota enviada pela Secretaria de Comunicação (Secom).

Informações Complementares:
Continue Lendo...

Professora divulga nota de repúdio sobre a CREDE 10

1 comentários




Dilaci Nobre - Professora de Lingua Portuguesa
do Estado do Ceará e Especialista em Gestão
Escolar pela UFJF 

Por: Dilaci Nobre

Uma sociedade só será democrática, quando ninguém tiver tanto poder que possa prejudicar alguém, nem tão pouco poder que precise baixar a cabeça diante de outrem. Percebemos claramente diante dessa máxima, que a corrupção estrutural está albergada na falta de vontade de mudar e de punir, explícitas na proteção e no abuso de poder.

Em dadas situações, na falta de impunidade, o cidadão é hostilizado diante de pessoas que conquistaram o mesmo nível de escolaridade que o seu. Sou Professora da Rede Estadual de Ensino Médio do Estado do Ceará e quero relatar aqui a minha indignação com o Processo de Seleção para Escolha de Coordenadores Escolares de Ensino Médio da Rede Pública Estadual na CREDE 10 , a qual se torna abusiva diante de profissionais preparados e que atendem o perfil do edital que reza ser prioridade fazer parte do Banco de Gestores do Estado do Ceará e ter cursado especialização em Gestão Escolar pela UFJF( Universidade Federal de Juiz de Fora), curso este oferecido pelo Governo do Estado do Ceará. O fato é que todo processo nesta escolha ocorrente na CREDE 10 já está a priori determinado quem vai exercer a função, sem respeitar os direitos do cidadão tão claros no edital.

Omitir minha indignação é aceitar que a CREDE 10 continue camuflando resultados e ferindo o modelo de gestão da SEDUC, é concordar com favoritismos, artimanhas e abuso de poder. Infelizmente, em dadas situações, é o poder que protege os corruptos, que toma o que lhe é de direito, que tenta calar a voz dos justos. Através da impotência dos prejudicados se firmam as noções de que NADA ADIANTA, e de que a cada dia nos deparamos com atitudes arbitrárias à novas correntes de pensamento. Os corruptos se sentem à vontade, livres para castigar , humilhar , hostilizar , diminuir , rotular e até carimbar bons profissionais , explicitando situações jamais vistas ou provadas ou tão somente pré- conceituadas. Daí se percebe que tudo não passa de uma violação das relações de convivência civil, social, econômica e política, fundadas na equidade, na justiça, na transparência, e na legalidade, ferindo assim a CIDADANIA.

Notamos que nosso país é tomado pela corrupção, pelo QI (quem indica) e vemos que nossos direitos são roubados e ficamos impotentes. Impotentes porque não temos a quem recorrer, por traírem nossa confiabilidade. Confiante de que pelo menos se torne pública minha nota de repúdio, espero está não só esclarecendo situações que acontecem na citada instituição, mas também contribuindo para que isto não se repita e que se possa evitar tantos desgastes diante de decisões como estas.

Leia também:

Créditos: APEOC

Continue Lendo...

24 janeiro 2013

UNE pede reconhecimento do forró como Patrimônio Cultural

1 comentários




CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Estudantes pedem que o forró seja reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, a exemplo do que ocorreu com o frevo no mês passado.

Na 8ª Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE), músicos e especialistas discutem a importância do ritmo e do grande homenageado do evento, o sanfoneiro Luiz Gonzaga.

O sobrinho de Gonzagão, Joquinha Gonzaga, acredita que com a força do movimento estudantil o forró receberá o reconhecimento. “A importância do forró é muito grande. É uma cultura muito rica, uma cultura que meu tio Gonzaga deixou. Nós estaremos aqui de chapéu de couro na cabeça e sanfona no peito para defender o ritmo”, disse.

O forró é o principal ritmo nativo do sertão nordestino. Popular em todo o Brasil, sua disseminação se deu por meio da intensa imigração dos nordestinos para outras regiões do país. Como patrimônio imaterial da humanidade, o forró será protegido a fim de que permaneça vivo para as gerações futuras. O título é concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A lista de patrimônios culturais imateriais reúne, atualmente, 232 elementos de 86 países.

Os estudantes pretendem entregar uma carta com o pedido à ministra de Cultura, Marta Suplicy, que deverá estar presente nesta quinta-feira (24) no evento.

O cantor e compositor Fred 04, vocalista do grupo Mundo Livre S/A e um dos expoentes do movimento mangue beat - surgido na década de 90 em Pernambuco e que envolveu artistas como Chico Science, do Nação Zumbi, misturando ritmos como maracatu, rock, ritmos eletrônicos – reforça a importância do forró e afirma que o ritmo ultrapassa os grupos que o tocam e tem grande influencia também sobre outros grupos e ritmos e sobre o próprio movimento do mangue beat. “Mesmo que não seja de uma forma consciente, acabamos nos envolvendo também pelo ritmo”.

Além de grupos musicais, o forró, sob o nome de Luiz Gonzaga, foi importante para que o sertão brasileiro fosse conhecido, segundo explica o colecionador e especialista em Gonzagão, Paulo Vandeley Tomaz. “Ele foi um grande divulgador do sertão. Criou a música [Olha a Pisada] que divulgou o cangaço, que remete ao bando de Lampião”.

Além de pedir o reconhecimento do forró como Patrimômio Cultural Imaterial da Humanidade, a UNE pede também 2% do Produto Interno Bruto (PIB) para cultura.

A 8ª Bienal de Arte e Cultura da UNE é considerada o maior evento estudantil da América Latina e deve reunir em Olinda cerca de 10 mil estudantes de todos os estados brasileiros.

A Bienal ocorre de 22 a 26 de janeiro e une política estudantil e cultura em mostras de teatro, música e cinema, seminários de esportes, além de apresentações de trabalhos acadêmicos e de extensão.

O tema desta edição é A Volta da Asa Branca, uma Homenagem ao Sanfoneiro Luiz Gonzaga, cujo centenário foi comemorado em 2012.
Continue Lendo...

Sempre foi assim

0 comentários




IMAGEM ILUSTRATIVA

Quem hoje em dia tem medo de gente corrupta? Ninguém, não é mesmo? Mas será que poderíamos chegar ao extremo mesmo? Hoje as pessoas corrompem e se deixam corromper, e morre aí. Mas sempre foi assim.

Por exemplo, as práticas da corrupção são tão rotineiras e em larga escala que não é exagero dizer que já faz parte da nossa cultura. Gera um sentimento de tá tudo bem e de que SEMPRE FOI ASSIM que hoje ninguém mais tem medo dela, a corrupção.

Ela vai envolvendo cada um, parente, amigo, vizinho, conhecido. Assim o seu ciclo vai aumentando, sendo alimentado e realimentado.

O esquema é perverso e de difícil combate.  Mais quem disse que uma cultura não se destrói? Quem foi que disse que cultura não causa males? Ah, amigos e amigas! Essa sim precisa urgentemente ser esfacelada em nome da igualdade, do desenvolvimento e do crescimento do país.

Mas sempre foi assim. Não há como mudar. Esse tipo de pensamento também precisa mudar. Não se pode entrar no conformismo. Dormir todas as noites com a cabeça coberta por um travesseiro, um lençol, um vira-lençol, uma colcha, um cobertor, qualquer coisa, e fingir que tá tudo bem.

Ah! Uma última pergunta: Até quando? Reflita...

Leia também: Pente Fino

Continue Lendo...

23 janeiro 2013

Capitão Capelar mostra dedo médio e ameaça integrantes da IV Caminhada Contra Intolerância Religiosa em Juazeiro do Norte

6 comentários




CÍCERO GARCIA - ESPECIALISTA EM HISTÓRIA DO BRASIL

Foi realizado na última segunda-feira, 21, no Município de Juazeiro do Norte, localizado na região metropolitana do Cariri, sul do Estado do Ceará a IV Caminhada Contra a Intolerância Religiosa. 

Na oportunidade um fato repugnante e que demonstra a falta de respeito aos que pensam e agem diferentes, aos que praticam ações que fogem dos controles dos ditames religiosos ou dos que a eles se aliam ocorreu. Um dos representantes da Igreja Católica e também da polícia militar, o Victor Hugo demonstrou que ainda impera em si o espírito da idade média ao mostrar o dedo médio contra um dos integrantes do movimento. Descontente com o que fez ainda os ameaçou.

O amigo e Ex- colega do curso de História, Cícero Garcia,  registrou o fato lamentável. Acompanhemos:

Então, um digno representante da Polícia Militar do Ceará e da Igreja Católica Apostólica Romana decidi dizer toda sorte de palavras ofensivas e ainda publicar gestos obscenos (mostrando o dedo médio em riste - aqui no Ceará a gente diz "dar cotoco ou pitoco") contra um dos integrantes da 4a. Caminhada Contra Intolerância Religiosa em Juazeiro do Norte, em plena Rua São Pedro, durante a realização do evento? Não achando pouco o capelão militar ameaça os cinegrafistas e fotógrafos da Caminhada, inclusive de processar-nos. Uma dúvida: quem cometeu algum crime de acordo com o exposto acima? Segundo informações da vítima inicial as palavras e gestos ocorreram por que o militar e religioso não concordou com a decisão da vítima (um católico) em participar da Caminhada.

Não é difícil concluir que as palavras de vilipendio e gestos obscenos do agressor foram estendidos a todos os participantes da Caminhada, ou seja, mulheres, crianças, velhos, velhas, negros, homens, brancos, cidadãos e cidadãs. Talvez, o policial militar e capelão, que goza de respaldo em ambas as instituições de poder que representa, seja ignorante ao fato de que em muitas nações, cristãos lutam pelo o direito de cultuar ao Senhor e Salvador. Ainda por ignorância, o agressor também não percebe que a Caminhada não é um ato de evangelismo que visa atrair mais fiéis para os grupos religiosos que organizam a caminhada; com certeza, os organizadores não fazem parte do grupo dos que creem que se todos fossem iguais a eles o mundo seria melhor, pois, isto seria o fundamentalismo que também combatem. É de se esperar que quanto antes o agressor apareça na imprensa com um discurso que inverta os fatos e vista um uniforme de vítima; ela terá seus apoiadores. Tenho certeza, contudo, que ele não é unanimidade nem entre os seus colegas militares nem entre os seus pares católicos.

Finalmente, resta dizer que atitudes como as daquele senhor que muitos conhecem alimentam a certeza de que a Caminhada não pode nem vai parar. Alguns evangélicos, alguns católicos, alguns umbandistas, alguns adeptos do candomblé e de outras expressões religiosas continuarão lutando para que todos os indivíduos tenham respeitado o direito de expressar sua fé livremente - inclusive o capelão militar agressor dessa tarde, como fizemos nessa tarde. O critério para expressar suas convicções é sempre o do respeito ao próximo e as suas escolhas. Nesse ponto, o capelão militar falhou grosseiramente.”
Continue Lendo...

Pente fino

0 comentários





O PENTE FINO SÓ OCORRE SE VOCÊ PARTICIPAR DA MARCHA
CONTRA A CORRUPÇÃO



A corrupção é, sem dúvida, um dos piores cânceres na sociedade. Os ambientes onde ela se instaura são os mais visíveis e indesejáveis.

Há corrupção em casa, nas ruas, nas escolas, nas empresas públicas e privadas, nas ongs, nas administrações públicas, seja ela a nível municipal, estadual e federal, em fim, ela está em todo lugar.

Onde ela é mais maleável? Não há resposta para essa pergunta simplesmente porque não existe corrupção mais maleável queON outra. Todas são a um só tempo prejudicial à humanidade e desde que o Brasil se separou de Portugal em 1500, perdendo assim o seu cabresto político que o ligava a essa metrópole que a prática aqui elencada se tornou parte dos comportamentos humanos corroborando assim para um fazer parte da cultura política.

No seio político partidário, por exemplo, o superfaturamento de obras que levam a um enriquecimento ilícito de muitos políticos partidários brasileiros é o exemplo mais típico e nítido dessa cultura política. Casos como esses demonstram a falta de zelo com a coisa pública.

Tanto faz parte da cultura política que muitos dos envolvidos nesse esquema perverso, desumano, traidor e demais adjetivos pejorativos que viesse a ser colocado aqui seria perfeitamente cabível, ainda fazem corpo mole e se utilizam da característica marcante que lhes parecem dispor nesse momento que, no mínimo, deveria ser vergonhoso não só para o Brasil, mas principalmente para eles, a hipocrisia: Negando tudo.

Até quando a sociedade continuará convivendo com esse câncer social? Pior ainda, até quando a sociedade continuará alimentando essa cultura política que nos acompanha desde que nos tornamos nação?

Enquanto a corrupção continuar a ser vista como algo comum...

Enquanto passar livre, sob o olhar indiferente da comunidade....

Enquanto não houver acordos sérios entre os órgãos competentes e a população para inibir e punir severamente esse crime brutal...  

Enquanto não tratarmos a nós mesmos como parte do problema, afinal somos os responsáveis diretos pela continuação desta (a corrupção) elegendo e reelegendo os mal feitores para cargos públicos....

Enquanto não nos sentirmos como co-responsável por isso....

Enquanto não nos sentirmos parte do problema e agirmos de forma séria e efetiva, passando um pente fino na corrupção e nos corruptores, ela continuará sendo tratada como algo comum, cotidiano e que já faz parte da nossa cultura política. Uma cultura política negativa.


Continue Lendo...

Câmara de Altaneira aprova PL que cria medalha de honra mérito legislativo

0 comentários




VEREADOR PROF. ADEILTON (PP) - LÍDER DA BANCADA
OPOSICIONISTA NA CASA LEGISLATIVA
FOTO: JÚNIOR CARVALHO

Foram aprovados dois requerimentos e dois projetos de leis, todos sem que obtivessem posicionamentos em contrários.

O poder Legislativo de Altaneira aprovou na tarde desta terça-feira (22), dois projetos de leis de autoria do líder da bancada oposicionista na casa, o vereador professor Adeilton (PP).

O primeiro projeto, não necessariamente nessa ordem fazia referência a criação no âmbito municipal de Medalha de Hora Mérito Legislativo. De acordo com a redação do projeto serão agraciadas as pessoas físicas ou jurídicas que tenham prestado importantes serviços a esse espaço social ou ainda que tenham se destacado em caráter particular.

A escolha dos que receberão a medalha será dos parlamentares, podendo ser ainda fruto de iniciativa popular devendo ser apresentadas até o último dia do mês de setembro, para que o processo das honrarias seja concluído em dezembro de cada ano.

Ainda em consonância com a redação da matéria, o homenageado deverá ter seu Curriculum que serão entregues junto com o referido projeto em sessão solene durante a semana de emancipação política do município.

O Projeto de Lei que objetiva  a formação de equipe de transição de governo, cuja a autoria também é do é do parlamentar professor Adeilton foi aprovado sem restrições.

Informações complementares:

Continue Lendo...